PL que proíbe homenagem à Escravidão pelas empresas e órgãos Públicos é articulado na Câmara

0
1156
Foto/Reprodução: Restaurante Senzala - SP

A Deputada Federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) pede para que o projeto “Teu nome é Dandara”, apresentado por ela ano passado, seja articulado com urgência na Câmara dos Deputados. O Projeto de Lei proíbe homenagens relacionadas à escravidão ou a figuras do movimento escravagista por empresas privadas ou órgãos públicos.

A ideia inicial é que a PL proferida em 2019, ganhe força nesse momento, por causa dos protestos “Black Live Matter” e pelas retiradas de estátuas que homenageavam escravocratas nos EUA.

A PL prevê multa proporcional ao faturamento da empresa privada que descumprir a norma de retirada do nome. O valor seria destinado a políticas públicas e projetos voltados à paridade racial.

O texto da deputada pedindo a aprovação do projeto fala que, “Infelizmente, muitos estabelecimentos comerciais e marcas ainda se utilizam de inúmeros nomes e símbolos vinculados ao período da escravidão sem se preocuparem com o vestuário de estarem fazendo exaltação a um período histórico no qual milhares de pessoas foram sequestradas em seus países de origem, escravizadas, estupradas, sujeitas às mais diversas formas de tortura e mortas”.

Em suas redes sociais, Talíria também se manifestou sobre o novo pedido de urgência para aprovação do projeto “Queremos um Brasil que não está nos retratos, mas na luta de um povo pela sua liberdade!”

Comments