Para tornar o casamento mais inclusivo, África do Sul está considerando permitir que uma mulher tenha vários maridos

0
Para tornar o casamento mais inclusivo, África do Sul está considerando permitir que uma mulher tenha vários maridos
Atrizes africanas/ Netflix

O governo da África do Sul está considerando permitir que as mulheres tenham vários maridos, uma possibilidade que lançou os conservadores do país em alvoroço e relatarem que não estão felizes com a possibilidade.

A opção é apenas uma entre várias em um documento abrangente, mas causou intenso debate na África do Sul. A poligamia, onde os homens se casam com várias esposas, é legal no país, por isso, agora estão estudando a possibilidade da poliandria, quando uma mulher pode se casar com vários homens.

Como parte do esforço para fortalecer a política de casamento, o departamento consultou líderes tradicionais, bem como ativistas de direitos humanos e outros grupos sobre as questões-chave. Os ativistas de direitos humanos “afirmaram que a igualdade exige que a poliandria seja legalmente reconhecida como uma forma de casamento”.

O documento destaca que a lei atual permite o casamento de menores e não contabiliza casais que mudam de sexo e desejam permanecer casados ​​sem passar pelo divórcio, entre outras falhas. As autoridades descobriram que as pessoas têm opiniões muito diferentes sobre o casamento, mas uma das propostas apresentadas é elaborar um esquema de casamento “neutro em termos de gênero”.

Devido ao elemento neutro em termos de gênero, esta opção se aplicaria tanto a mulheres  quanto a homens, se fosse legislada e, contudo, os conservadores do país ficaram chocados com a sugestão.

Um rosto em presente que critica a proposta é Musa Mseleku, uma estrela de reality show que tem quatro esposas.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display