Oficina de autorretrato para mulheres negras e indígenas abre inscrições gratuitas

0
1128
Foto: Adriana Chaves/Divulgação

O projeto visa reunir, em encontros virtuais, mulheres de todo o país para criação de fotoperformances e autorretrato –  realizado da artista para a câmera, tendo a fotografia como objetivo final -. Surgindo com a necessidade de reunir e mover processos criativos de mulheres negras e indígenas interessadas em transformar pensamentos em imagens, a oficina será gratuita.

As atividades contarão com a supervisão das artistas e educadoras Dani de Iracema, Jessica Lemos e Jeisiekê de Lundu. Entre fevereiro e março deste ano, o projeto terá encontros semanais e ao final será realizada uma vídeo-exposição com o material produzido durante o processo, que tem suas inscrições abertas até o dia 12 de fevereiro.

Com apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia- FUNCEB, através da Secretaria de Cultura (Programa Lei Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Para Dani de Iracema, “essa é uma ação poético-política decolonial, uma oportunidade de reunir forças criativas, promover troca, partilha e produção de conhecimento artístico entre mulheres negras e indígenas, para refletir suas relações com a autoimagem em um mundo que ainda objetifica e violenta nossos corpos racializados e dissidentes”.

Para as mulheres que se dispõe a criar composições de imagens de  autorretratos e fotoperformances, a oficina será virtual e gratuita, no link:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSduIHVW9z-dT9XUdp5JhRv1hiIDqYNSuPkrRxvxz9NR8wsnBw/viewform

Comments