Observatório da Discriminação Racial no Futebol lança camisa de jogo

0
Observatório da Discriminação Racial no Futebol lança camisa de jogo
Foto: Divulgação.

Objetivo é envolver torcedores, atletas e membros de clubes no combate ao racismo.

O Observatório da Discriminação Racial no Futebol acaba de lançar a camisa de jogo do Observatório Futebol Clube. O objetivo é engajar torcedores, atletas e todos os envolvidos no ecossistema do futebol na luta por um futebol antirracista. As camisas são vendidas pela internet e têm modelos nas cores branca com amarelo ou na cor azul com amarelo.

“Quando a gente fala de racismo no futebol, a gente fala muito no momento em que acontecem os casos. Mas a cobrança que tem que existir, principalmente no clube que cada um torce, e isso ainda não acontece. A gente acaba tratando cada caso como um caso novo”, explica Marcelo Carvalho, diretor do Observatório.

Marcelo espera, com esta nova campanha, conseguir trazer nomes do futebol para mais perto desta luta, além, é claro, da torcida. “Estamos tentando trazer os jogadores, para que eles participem dessa mobilização. Não queremos que ninguém abandone seu clube do coração, mas que todo mundo vista a camisa contra o racismo”, explica.

“Esta campanha é um convite para que você seja antirracista todos os dias do ano, não apenas em determinadas datas, não apenas quando um caso de repercussão ganhar os jornais e inundar as redes com uma nova hashtag, para que você cobre as instituições a agirem incluindo, especialmente, seu clube do coração, para ser um agente de transformação no futebol brasileiro”, diz o comunicado oficial do Observatório.

Além da camiseta, o Observatório lançou também a bola oficial do combate ao racismo, a Laduma. O nome faz referência ao grito de gol utilizado na África do Sul.

O Observatório da Discriminação Racial no Futebol atua desde 2014 mapeando denúncias e acompanhando os desdobramentos das mesmas no âmbito do futebol brasileiro. Além dos casos de racismo, as dinâmicas instituídas para além dos jogos e dos acontecimentos dentro de campo, também são foco do observatório, como a percepção de que, apesar de um grande número de jogadores de futebol serem negros, as pessoas nos cargos de comando seguem sendo homens brancos.

As camisetas estão sendo vendidas em formato de pré-venda até o dia 31/3 e custam, em média, R$ 99,90.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display