“Não houve intenção de reproduzir qualquer tipo de violência”, diz Dona Silene sobre racismo no ‘É de Casa’

0
“Não houve intenção de reproduzir qualquer tipo de violência”, diz Dona Silene sobre racismo no ‘É de Casa’
Foto: Reprodução.

Dona Silene, quituteira que participou do programa É de Casa, da TV Globo, no último sábado, se manifestou, na madrugada desta quarta-feira sobre o episódio de racismo que passou durante o programa. Para Dona Silene, “não houve intenção de reproduzir qualquer tipo de violência”. Em nota publicada nos stories do instagram, a doceira também disse que foi “muito bem recebida e acolhida por todos” no programa.

Confira a íntegra:

“Boa noite a todos! Passando aqui para um pequeno esclarecimento. Eu fui surpreendida por muita mensagens e apoios a qual não tinha entendi o porquê! Eu ainda estou meio perdida pois foi tudo muito novo pra mim. Eu escrevo não para diminuir ou banalizar as dores de ninguém pois sei que muitos se sentiram machucados com a cena, porém naquele momento eu não tive esse sentimento, ao contrário. Fui muito bem recebida e acolhida por todos. Para quem não sabe Thalita foi um instrumento para que eu pudesse ter a oportunidade de ser apresentada a vocês, e sou muito grata por isso e eu jamais poderia vir aqui incitar ódio a uma pessoa que na minha concepção não houve intenção de reproduzir qualquer tipo de violência. Então eu peço a todos que não a ataquem. A todos vocês que estão chegando agora vão me conhecer e saber que eu sou da paz, meu propósito não é guerra! Quero deixar também a minha gratidão e meu abraço para o Emanuel pela gentileza e todo cuidado que teve! Um beijo a todos sintam-se abraçados”.

Após a participação no programa e a visibilidade do caso de racismo, dona Silene conquistou vários seguidores, muitos chegados a partir de campanhas de influenciadores digitais que estimularam que em vez de dar visibilidade à apresentadora que cometeu racismo, se desse apoio à doceira.

RELEMBRE

Durante sua participação no programa, dona Silene apresentou as cocadas que produz. A apresentadora Talitha Morete, na ocasião, pegou as cocadas e pediu que dona Silene servisse a todos que estavam no sofá do programa. O apresentador Manoel Soares, percebendo a situação racista que se formava, interrompeu e pediu a dona Silene que o orientasse para que ele servisse os convidados.

“Vamos fazer o seguinte? Eu vou ser o seu garçom e você vai me orientar para quem vou servir, porque você não vai servir ninguém”, disse ele.

Após enorme repercussão nas redes sociais, Talitha Morete publicou um pedido de desculpas. “Antes de vir aqui, a primeira coisa que fiz foi falar com a Dona Silene e pedir desculpas para ela. Também preciso me desculpar com todas as pessoas, como o meu público, pela minha fala. Errei e não há nada a ser dito para justificar ou minimizar esse erro, a não ser me desculpar”, disse.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display