“Não existe racismo no Brasil” vice-presidente Mourão fala sobre episódio no Carrefour

0
1601

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta sexta-feira (20) que não existia racismo no Brasil, mas classificou o assassinato de João Alberto como lamentável.

Mourão deu a declaração ao comentar o caso de João Alberto Silveira Freitas, 40 anos – homem negro espancado e morto por dois seguranças de uma loja do supermercado Carrefour na noite desta quinta (19) em Porto Alegre, um dia antes da celebração do dia da consciência negra no país

Mourão classificou a morte como “lamentável” e disse que o caso é de uma “segurança totalmente despreparada”.

Questionado repetidas vezes pelos jornalistas, o vice-presidente negou que o crime possa ter sido motivado por questões raciais, pois não “no Brasil, não existe racismo”, repetiu ele.

O vice-presidente ainda alegou que racismo existe nos EUA, “lá sim. O pessoal de cor anda separado. Nunca vi disso aqui, posso afirmar. No Brasil, não tem racismo”.

Um dos agressores na morte de João Alberto era segurança do local e o outro, um policial militar temporário. Ambos brancos.

Comments