“Mulher da Minha Vida” novo clipe de Margareth Menezes reúne mulheres importantes da cultura brasileira

0
668
Foto: Reprodução/Internet

Em união com 17 outras mulheres potentes e importantes para o cenário cultural brasileiro, Margareth Menezes (@margarethmenezes) entrega um clipe que soa como um grito de liberdade, empoderamento e autoafirmação. A cantora e compositora baiana acaba de lançar o clipe da música “Mulher da Minha Vida”, faixa do seu novo álbum, o “Autêntica”, trabalho indicado ao Grammy Latino de 2020. 

No vídeo que reúne todas essas potências femininas temos grandes nomes como: Aline Moraes, Astrid Fontenelle, Cleo Pires, Djamila Ribeiro, Duda Beat, Fafá de Belém, Gaby Amarantos, Gilmelândia, Josyara, Luedji Luna, Marcia Castro, Marcia Short, Nany People, Pamela Lucciola, Simara, Sonia Guajajara e Zéze Mota. O clipe está disponível no canal oficial de Margareth Menezes no YouTube 

Escrita por dois homens, os compositores Gabriel Moura e André Lima, “Mulher da Minha Vida” traz uma mensagem forte contra o machismo, destacando direitos fundamentais das mulheres e exaltando seu lugar de fala. 

O videoclipe foi produzido durante a pandemia e foi gravado remotamente, sem qualquer contato pessoal entre artista, convidadas e equipe. 

Direção e produção executiva são assinadas por Renata Franchini, a edição é de Icaro Souza (@coletivoIso314) e a direção geral de Jaqueline Azevedo. Lançado durante a semana do Dia de Internacional da Mulher, comemorado no 8 de março, o clipe é uma celebração à data e ao que ela representa. 

A canção-tema integra o álbum Autêntica, o mais novo trabalho de Margareth Menezes, lançado no final de 2019. Na gravação original, “Mulher da Minha Vida” teve direção musical de Renato Neto e Tito Oliveira, com arranjos, bateria, teclados e coprodução de Renato Neto, guitarra de Conrado Goys, percussão de Tito Oliveira, com Vivian Vigilato  e André Mota nos vocais, assistência de produção de Artur César e Thiago “Big” Rabello como técnico de gravação.Produzido por Tito Oliveira e gravado em quatro cidades do mundo – Salvador, São Paulo, Nova Iorque e Paris -, o “Autêntica” foi indicado ao Grammy Latino 2020 na categoria de Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa.

A obra passa por temas relacionados ao feminino, às questões de negritude, e exalta a faceta compositora de Margareth, com 13 canções, entre autorais e de compositores parceiros.

Comments