Montero: Associação Nacional de Travestis aponta transfobia na ‘gravidez’ de Lil Nas X

0
Montero: Associação Nacional de Travestis aponta transfobia na ‘gravidez’ de Lil Nas X
Foto: Reprodução.

A Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA) usou suas redes sociais para alertar sobre o uso inadequado que o rapper Lil Nas X teria feito da sua imagem enquanto “homem grávido”. A organização chama a atenção de que “gravidez não é fantasia” e que “mulheres, homens trans e pessoas não binárias negres (sic) que tem maior dificuldade de acesso aos cuidados na gestação”.

O rapper iniciou uma campanha onde aparece grávido para anunciar o nascimento de seu novo álbum, Montero. Para a organização, “Lil Nas X está lucrando muito com um tipo de imagem que, na vida real, faz com que homens trans sejam violentados, rejeitados e maltratados pelo sistema de saúde”, diz a nota.

“Não queremos cancelamento do Lil, mas é urgente que essas pessoas que estão alçadas ao patamar de “representatividade” tenham mais responsabilidade” diz a Antra.

Diego Mesquita, administrador do perfil @pretasbixas compartilhou o conteúdo e recebeu muitos ataques nas redes sociais, de pessoas minimizando a crítica feita pela organização. “Quando eu fiz o respost da Antra sobre o Lil Nas X e sobre como isso causou dor para pessoas trans e travestis, foi para que a gente refletisse sobre como isso passou tão despercebi para a gente e como isso causou dor em pessoas que o tempo lutam para existir e para viver em uma sociedade que nem as permite usar o banheiro”, disse Diego.

https://www.instagram.com/tv/CT33HQPAt5n/?utm_source=ig_web_copy_link
Ativista LGBT Igor Ramos, que se identifica enquanto pessoa trans não binária, percebe a situação de outra maneira. “O que ele tá fazendo com o próprio corpo com intenção de divulgar o álbum que vai nascer é uma METÁFORA. Não tem a intenção de ridicularizar pessoas grávidas nenhuma gente. É um trabalho de sátira com o nascimento do álbum, uma forma de interpretação artística tal como as Drag Queens que se utilizam da figura ‘feminina’ pra fazer performance sem necessariamente ridicularizar mulher nenhuma”, disse em comentário no post do @pretasbixas.

Comments

No posts to display