Max de Castro produz projeto de parceria entre Salon Line e Spotify

0
407

A Salon Line, empresa de cosméticos brasileira, lançou em março deste ano o projeto Me Grava, com o intuito de dar oportunidades a novas vozes que querem ascender no mundo da música, mas que, muitas vezes, não têm oportunidades de despontar no meio.

Todos os meses a marca lançará uma nova voz que gravará um clipe e terá a oportunidade de ser dirigida e produzida por Max de Castro, um dos maiores nomes no meio musical. Além disso, a Salon Line também firmou parceria com o streaming de música Spotify, que deixará a canção disponível para seus usuários.

Dar visibilidade e alcance para essas novas artistas é o nosso desejo, e com a parceria do Spotify, o projeto ganha corpo e importância para as vozes. O lançamento com a Cacau Galvão já foi um sucesso. E agora, poderemos mostrar a voz incrível da A Vitória. O Me Grava nos enche de alegria, pelos talentos e pelos parceiros, como Spotify, que acreditaram nessa ideia“.

A primeira voz revelada foi da cantora recifense Cacau Galvão com a música de sua autoria, “Setembro”. Agora, é a vez da paulista A Vitória ter sua voz revelada para o Brasil.

A música sempre esteve presente na minha vida, comecei com 9 anos cantando na igreja e desde então ela que dá um norte. Eu penso que a ela é a melhor coisa que existe em mim, é o que me dá sentido, e faz muita diferença na minha formação. Não é mais um sonho, é um objetivo! Essa oportunidade que a Salon Line me deu foi um passo muito importante, uma ponte para a minha carreira“, afirma A Vitória.

A canção escolhida se chama, “É Só Seguir”, de autoria da cantora, “Ela nasceu em um momento difícil que passava. Muitas coisas não estavam dando certo e fiquei perdida, precisava colocar no papel. Ela de certa forma me ajudou a reerguer”, conta.

Eu considero esta produção um belo cartão de visitas para A Vitória, preferi enaltecer a força vocal que ela tem sem deixar a música com uma característica carregada do estilo black americano e, por isso, preferi criar um arranjo mais minimalista. Em que os espaços de voz e instrumentos constroem uma relação harmônica e sonora com timbres legais mantendo o balanço e a vibe descontraída que ela tem“, pontua o produtor e diretor Max de Castro.

Sobre a cantora ele acrescenta: “A Vitória tem um timbre de voz e técnica incrível, gravamos em dois takes e ela é extremamente afinada, isto que me anima e, graças a Salon Line, vamos poder conhecer uma voz, talento e história de vida incrível de uma cantora que nasce da periferia de São Paulo pro mundo ecoando sua voz“.

Comments