Marinha dos EUA vai nomear sua primeira piloto de caça negra

0
306
Foto da Marinha dos EUA por Lt.jg Luke. Foto/Reprodução

Após 110 anos, a marinha dos Estados Unidos nomeia, no dia 31 de julho, sua primeira piloto mulher negra. Madeline Swegle que se formou na Academia Naval dos EUA em 2017.

Tenente Madeline Swegle está fazendo história ao se tornar a primeira piloto de caça negra da Marinha dos Estados Unidos. A marinha do país, que é dominada por homens brancos, dará as asas de ouro de Madeline em uma cerimônia no dia 31 de julho.

O momento histórico faz 110 anos após o início da aviação naval, quando uma aeronave decolou da Baía de Chesapeake em 1910. Depois de 64 anos, a primeira mulher, Rosemary Mariner, pilotou um jato tático com a marinha, de acordo com a Women in Aviation International.

De acordo om uma análise, feita em 2018, apenas 2,7% dos pilotos nos esquadrões da marinha são negros e menos de 7% são do sexo feminino.

“Estamos incrivelmente orgulhosos de saber que uma das nossas tenentes, a tenente-coronel Madeline Swegle (17), alcançará um marco em 31 de julho, não apenas em sua carreira pessoal como aviadora, mas também para a Aviação Naval, quando ela a ganhar. Wings of Gold como a primeira piloto a jato de ar tático da Marinha Americana Americana (TACAIR) “, disse o vice-almirante do superintendente da Academia Naval dos EUA, Sean S. Buck, em comunicado.

 “É uma conquista significativa qualificar-se como piloto de jato tático voando pelas companhias aéreas de nosso país dia e noite, e seu sucesso serve como inspiração para todos os que aspiram a ser aviadores navais. Fly Navy!”, completou ele.

Comments