Malês serão retratados em filme

0
1154

Com  Milton Gonçalves, Camila Pitanga, Rocco Pitanga, Lázaro Ramos, Thaís Araújo e  Seu Jorge no elenco, projeto de filme sobre os Malês é apresentado ao Ministro da Cultura

30.16.2015 Revolta do Malês

Da redação

No século XIX, no Brasil, os negros mulçumanos que sabiam ler e escrever em língua árabe e eram mais instruídos que seus senhores, eram conhecidos como Malês. Em 1835, os Malês se revoltaram por causa da imposição do governo ao catolicismo e por isso, decidiram libertar os escravos mulçumanos, tomar o governo e estabelecer um próprio, mas foram derrotados.

A Revolta dos Malês é a história que o ator Antônio Pitanga quer contar para os brasileiros, principalmente, para aqueles que desconhecem os fatos e a etnia. O ator quer transformar o fato real em filme. A película, orçada em R$12 milhões, terá no elenco atores negros consagrados, como Milton Gonçalves, Camila Pitanga e seu irmão, Rocco Pitanga, Lázaro Ramos, Thaís Araújo, Seu Jorge, entre outros.

Segundo Pitanga, o projeto é ousado, assim como os Malês. “Esse foi um dos maiores levantes que aconteceram no País, e não foi com negros coitadinhos, foi com negros que não aceitavam ser serviçais”.

Antônio Pitanga e o produtor Flávio Tambellini apresentaram o projeto, na tarde desta terça-feira, dia 30, ao ministro da Cultura, Juca Ferreira, que classificou a ideia como ótima.

Para o secretário da Secretaria do Audiovisual do MinC, Pola Ribeiro, o projeto está alinhado com o compromisso do Ministério. “É um tipo de filme que dialoga com a sociedade. Tem compromisso com a educação, com a sociedade, tem um caráter educativo”, afirma.

O encontro aconteceu no Ministério da Cultura. Participaram também a deputada federal Bendita da Silva (PT/RJ), os secretários Pola Ribeiro, da Secretaria do Audiovisual (SAv) e Vinícius Wu, da Secretaria de Articulação Institucional (SAI) e assessores da Ancine (Agência Nacional de Cinema).

 

Comments

Comentários