Luciane Dom lança CD “Liberte Esse Banzo” e aborda o protagonismo preto e as necessidades de se libertar do racismo

0
292

A cantora Luciane Dom, com um discurso contundente nesse primeiro disco, intitulado “Liberte Esse Banzo”, apresenta sete faixas e transpassa por assuntos relevantes como o autocuidado nas canções “Todo Cuidado” e “Abraça Menina”, que tem a participação de Rubel, já nas músicas “Macho Demais” e “Não me Conhecem”, ela traz um humor ácido.

Nascida em Paraíba do Sul, residindo no Rio de Janeiro, Luciane é formada em História pela UERJ e é desta veia que transforma a historicidade de seu tempo em música.

Mesmo com toda suavidade, o disco tem letras e arranjos bem densos de Rodrigo Ferreira, como em “Madeira e Sal”, que tem um solo visceral do saxofonista Carlos Malta. “Liberte Esse Banzo” é quilombo, é favela, é afrobeat.

Lançado no dia 8 de junho, o disco teve grande repercussão e foi bem aceito pelo público. Para a artista, “libertar o banzo é fugir da tristeza, das angústias e lutar por protagonismo de fala”. A capa do disco é um corpo negro gigante, que toma toda a cidade, e segundo ela, simboliza a luta dos negros que ajudaram a construir todos os monumentos, ruas, prédios:somos do tamanho desta cidade” diz ela.

Ouça “Liberte Esse Banzo”.

Comments

Comentários