Curta-metragem “Quem conta é a água” relata momentos importantes dos 50 anos de iniciação de Mãe Márcia d’Oxum

0
Curta-metragem “Quem conta é a água” relata momentos importantes dos 50 anos de iniciação de Mãe Márcia d’Oxum

Iniciada por Mãe Menininha do Gantois aos nove anos de idade, Marcia Dória Pereira, conhecida como Mãe Márcia d’Oxum, brasileira, negra e apaixonada pelo Candomblé e por todo o movimento de cultura que foi preservado no interior das Matrizes Africanas, comemora os 50 anos de sua iniciação através do lançamento de “Quem Conta é a Água“. O curta foi dirigido por Samara Mello.

O evento de lançamento será realizado no dia 4 de julho, no Solar do Jambeiro, em Niterói. Os ingressos são gratuitos e serão disponibilizados por ordem de chegada. Além da a exibição do filme, o evento conta com roda de conversa com a direção do curta-metragem, a convidada Roberta Martins, diretora de unidades culturais da Fundação de Artes de Niterói (FAN) e o público e ainda exposição de fotografias.

O filme conta as transformações que Oxum inspirou na vida de Mãe Marcia, através da seleção de momentos marcantes, ao longo desses 50 anos de iniciação, além de mostrar a trajetória da Yalorixá, uma forma de desconstruir preconceitos e estereótipos acerca do candomblé através de uma trajetória de fé e superação.

O projeto audiovisual teve apoio e participação de membros do terreiro, da Secretaria de Cultura de Niterói, Sociedade Fluminense de Fotografia e Prefeitura de Niterói.

Mãe Márcia também se define como ativista contra o racismo, o preconceito e contra a intolerância religiosa, trabalha diretamente com projetos sociais, culturais e educacionais no que diz respeito a cultura afro-brasileira e é a sacerdotisa responsável pelo Egbè Ilè Ìyá Omidayè Asé Obálayó, terreiro localizado em São Gonçalo, com numerosos filhos iniciados no Candomblé.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display