Estrela de ‘Pantera Negra: Wakanda Para Sempre‘, a atriz Letitia Wright utilizou seu perfil no Instagram nesta madrugada de segunda-feira (21) para rebater jornalistas do site The Hollywood Reporter. O veículo fez uma publicação relatando nomes de artistas com um passado comprometedor, destacando a dificuldade dos mesmos em conseguirem indicações ao Oscar. A postagem em questão citou nomes como Will Smith, Woody Allen, diretor acusado por abusos sexuais, Mel Gibson, acusado por violência doméstica e homofobia, além de Letitia Wright e a suposta afinidade da atriz com o cenário antivacina.

“Eu tive que desbloquear o The Hollywood Reporter só para postar isso. Scott Feinberg e todos nesta publicação. Vocês são todos incrivelmente desrespeitosos. Como se atrevem?”, disparou Letitia. “Vocês mencionaram meu nome ao lado de homens que foram acusados de abuso e má conduta sexual. Este é um comportamento maligno. Neste ponto, uma vingança pessoal contra mim. Não fiz nada de errado, mas respeitosamente me recusei a dar entrevistas para esta publicação. Pare de bobagem. Eu me desculpei DOIS anos atrás. Permaneci em silêncio sobre o assunto”, continuou ela. Em 2020, Letitia compartilhou um vídeo de conspiração antivacina, o que gerou revolta nos fãs. Em seguida, ela apagou a postagem e pediu desculpas ao público.

Foto: Divulgação / Marvel.

“Você mentiu e disse que eu continuei falando sobre isso com meu elenco e equipe no meu set. Isso não é verdade. Pergunte ao diretor do filme”, destacou a artista. Em 2021, o The Hollywood Reporter publicou uma matéria destacando que Letitia estaria causando mal estar nos bastidores de gravação de ‘Wakanda Para Sempre’, por, supostamente, compartilhar ideias antivacina. “O filme é um sucesso. Sua agenda contra mim agora está ainda mais clara. Eu não vou ficar calada. Parem com seu comportamento nojento”.

“Essa agenda pessoal com seus amigos é nojenta”, disse Wright. “Fiquei em silêncio enquanto o mundo me dizia para me matar há dois anos por causa de um vídeo que postei e pelo qual me desculpei. Eu mantive minha cabeça baixa e me concentrei no meu ofício. E agora estou do outro lado disso. Aqui está você, como um suposto jornalista em quem devemos confiar, colocando meu nome neste artigo desagradável para quê? Você carece de substância, você claramente não tem nada a relatar”, atacou a atriz. “O filme [Wakanda Para Sempre] é lindo, impactante e de bilheteria. Eu trabalhei pra caramba com meu elenco e equipe para dedicá-lo ao meu irmão [Chadwick Boseman]. Como você se atreve?. Minha performance te abalou tanto assim? Foi excelente, hein? Ainda estou aqui, ainda causando impacto, ainda criando projetos que tocam o coração das pessoas e isso não vai parar”, concluiu.

Em recente entrevista ao The Guardian, Letitia declarou que não é antivacina. “São coisas (antivacina e transfóbica) que eu não sou, por isso pedi desculpas e segui em frente. De uma forma saudável pedi desculpas e apaguei meu Twitter. Eu pedi desculpas por qualquer mágoa que foi causada a alguém”, destacou.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments