Justiça condena Record e emissora terá de transmitir quatro programas sobre religiões de matriz africana

0
Justiça condena Record e emissora terá de transmitir quatro programas sobre religiões de matriz africana
Créditos: Olhar de um Cipó

Após condenação por veicular agressões a religiões de origem africana, a TV Record e a Record News firmaram acordo encerrando uma briga judicial que se prolongava há 15 anos. O trato foi assinado no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) e a Record News terá de dar direito de resposta em quatro programas de televisão com duração de 20 minutos cada.

Três programas serão educativos sobre as religiões afro-brasileiras e um terá conteúdo documental sobre a própria Ação Civil Pública que levou à condenação. As transmissões deverão priorizar conteúdos informativos e culturais que abordem aspectos como origem, tradições, organização, rituais e outros elementos.

A emissora de televisão terá de arcar com todos os gastos e deve pagar R$ 300 mil de indenização para o Instituto Nacional de Tradição e Cultura Afro-Brasileira (Itecab) e o mesmo valor à Centro de Estudos das Relações de Trabalho e da Desigualdade (Ceert), totalizando R$ 600 mil. Os órgãos serão responsáveis pela concepção e produção dos programas. Os vídeos deverão ser aprovados pelos canais do Grupo Record e serão transmitidos três vezes.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display