Jongo, dança afrodescendente, na série “Minha Rua”

0
Jongo, dança afrodescendente, na série “Minha Rua”
Fatinha do Jongo (Foto - Jabuti Filmes)

Nesta segunda-feira, dia 04, às 23h30, é a vez do  apresentador Leandro Firmino, o Zé Pequeno do filme Cidade de Deus, acompanhar  Fatinha, professora de jongo, dança afrodescendente que é considerada uma das origens do samba carioca.

Leandro Firmino (Google Images)
Leandro Firmino (Google Images)

O sétimo episódio da segunda temporada da série Minha Rua (exibido no canal Futura, produzido pela Jabuti Filmes), apresenta o dilema de manter viva a herança cultural de origem africana deixada pelos negros escravizados da Fazenda São José dos Pinheiros, berço histórico de Pinheiral-RJ.

Fatinha do Jongo (Foto - Jabuti Filmes)
Fatinha do Jongo (Foto – Jabuti Filmes)

Como ela mesma se define,é uma mulher negra, guerreira, jongueira, educadora, mãe e religiosa. É professora de jongo em uma escola pública, na ONG Casa do Jongo, e seu maior sonho é ver a comunidade negra, principalmente os jovens, com melhores expectativas de vida e sendo cidadãos brasileiros plenos. Através da dança Fatinha fala sobre a história do Jongo e do negro no Brasil.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display