Jaqueline Góes de Jesus, cientista que mapeou o genoma do coronavírus, receberá homenagem do Conselho Nacional de Saúde

0
978
Foto: Reprodução/Internet

A pesquisadora Jaqueline Góes de Jesus receberá homenagem do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Jaqueline receberá a Comenda Zilda Arns 2020 [honraria concedida pelo CNS às personalidades que destinaram fundamental contribuição para a defesa do direito humano à Saúde e do SUS.] . A escolha da homenageada foi aprovada pelo plenário do CNS durante a 67ª Reunião Extraordinária, na última sexta-feira (26/03).

“Precisamos dessa representatividade que a doutora Jaqueline traz, enquanto mulher negra na ciência, para que jovens e adolescentes acreditem ser possível ocupar este espaço no futuro. Muitas meninas e mulheres viram um norte na ciência e isso nos traz muito alento”, afirma a conselheira nacional de saúde Ana Lúcia Silva.

Em 2020, após a confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Brasil, um grupo de mulheres cientistas brasileiras integraram a equipe responsável pela sequenciação do primeiro genoma do vírus da Covid-19 em 48 horas. Enquanto resto do mundo precisava de ao menos 15 dias para realizar esse mapeamento. 

Mulher, negra, cientista, pesquisadora e doutora em Patologia Humana e Experimental pela UFBA Jaqueline ainda compõe o Centro Conjunto Brasil-Reino Unido para Descoberta, Diagnóstico, Genômica e Epidemiologia de Arbovírus (Brazil-UK Centre for Arbovirus Discovery, Diagnosis, Genomics and Epidemiology).

A comenda será entregue para Jaqueline Góes de Jesus na próxima reunião ordinária presencial do colegiado. Ainda sem data prevista devido às medidas de distanciamento social.

Informações: CNS

Comments