Influenciadores e artistas preparam ato em favor do voto antirracista

0
Influenciadores e artistas preparam ato em favor do voto antirracista
Foto: Mayara Donaria/Instituto Marielle Franco

Ato organizado pela Coalizão Negra por Direitos acontece no dia 13 de setembro

No dia 13 de setembro, intelectuais, artistas e influenciadores devem se reunir para a realização de um ato em favor do voto antirracista. O evento, organizado pela Coalizão Negra por Direitos, acontece em apoio à iniciativa “Quilombo nos Parlamentos” que reúne mais de 120 candidaturas de pessoas ligadas ao movimento negro no Brasil.

Sheila de Carvalho, advogada e diretora do Instituto de Referência Negra Peregum, pontuou a importância dessa movimentação para o processo eleitoral: “É muito importante esse encontro como influenciadores do campo progressista, para falar da iniciativa do Quilombo nos Parlamentos porque isso vai aumentar ainda mais a visibilidade e pode gerar apoio direto para candidaturas que são muitas vezes preteridas pelos partidos políticos, preteridas pelo público geral e é extremamente relevante que a gente coloque novos olhares em cima da iniciativa e consiga fazer com que ela chegue em vários outros fronts”, explica.

A plataforma “Quilombo nos Parlamentos” é uma iniciativa suprapartidária que agrega mais de 120 candidaturas de pessoas ligadas ao movimento negro e que concorrem a cargos no Congresso Nacional e nas Assembleias Legislativas por todo o território nacional. Através do site www.quilombonosparlamentos.com.br, o público consegue acessar as candidaturas negras ligadas ao movimento negro e apoiadas pela iniciativa em todo o país.

Um dos organizadores do ato da próxima terça, o professor e presidente do Instituto Brasileiro da Diversidade (IBD), Hélio Santos, comentou sobre a importância estratégica do voto antirracista e como a amplificação do apoio à iniciativa Quilombo nos Parlamentos pode ajudar a criar uma “onda negra” em favor do voto antirracista: “As eleições deste ano têm para mim duas características importantes, a primeira é o maior reconhecimento, uma maior percepção do racismo pela sociedade. A Coalizão Negra por Direitos tem uma participação decisiva nessa mudança. Um segundo aspecto é que em reação a esta opção, pela primeira vez, nós temos o supremacismo branco aparecendo. Nós sempre tivemos racismo, mas o supremacismo branco escancarado é uma novidade. Portanto, o voto antirracista ou voto racial nunca foi tão estratégico como agora. Uma pergunta que sempre me acompanhou: “Como seria o Brasil, se as maiorias demográficas, negros e mulheres, participassem das diversas esferas do poder na magnitude do seu tamanho?” Esse protagonismo que a Coalizão conquistou, o desafio é transformar esse protagonismo em votos. Qual a linguagem? Qual a metodologia? Quais são os meios para mostrar para a população como um todo e para a população negra também em particular, a importância da representatividade? Eu acredito que os influenciadores e as influenciadoras podem fazer um tipo de ação afirmativa, ou seja, se empenhando para criar uma onda preta, uma onda negra, na direção do voto antirracista, eu acredito nisso”, explicou.

A filósofa e escritora Sueli Carneiro e a diretora do Instituto Marielle Franco, Anielle Franco, além da psicóloga Cida Bento também estão entre os articuladores que convocaram o ato em favor do voto antirracista, que contará com as presenças da apresentadora Bela Gil, dos atores Maria Bopp e Sidney Santiago, da escritora Tati Bernardi, da chef Bel Coelho, da cineasta Petra Costa, do jornalista Pedro Borges, entre outros.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display