“Falta bastante”, Ludmilla fala sobre representatividade de pessoas negras na TV

0
634
Foto: Reprodução

Após apresentar a temporada de verão do programa “Só Toca Top”, Ludmilla estreou novamente na TV Globo, dessa vez como jurada no “The Voice +” em conversa com a VOGUE a cantora falou a sua participação no programa e a importância de ocupar esses espaços.

“Acho que agora os pretos estão começando a ter um pouco mais de espaço. Mas falta bastante, viu?”, disse em entrevista á VOGUE sobre a ausência de representatividade de pessoas negras na TV. “Eu acho que sou da galera preta, periférica, LGBTQI+ que está começando a ocupar lugares importantes”.

Ludmilla está prestes a completar sua primeira década de carreira musical, e sendo uma mulher preta e periférica a cantora passou por muitos desafios para chegar onde está, e atualmente quer continuar servindo de inspiração para crianças e jovens negros que também querem conquistar seu espaço na mídia

“Desejo muito conseguir deixar algum legado de representatividade para as pessoas, principalmente para as crianças, porque na minha infância eu não via muitos pretos no comando de algo. Hoje, quero muito trabalhar para mostrar a elas que é possível, sim”.

No último ano a cantora quebrou muitos recordes, a cantora fez história ao se tornar a primeira mulher negra latina a bater 1 bilhão de streams no Spotify e realizou parcerias de muito sucesso em diversos estilos musicais.  

Ludmilla já começa 2021 sendo jurada em um programa de grande audiência na TV aberta, e os fãs ainda podem esperar muito mais!

Comments