Ex-advogado de Bolsonaro, Wassef, é denunciado por injúria racial e presta queixa contra a vítima

0
415
Foto: Daniel Marenco

Uma atendente de pizzaria relatou em denúncia prestada no Distrito Federal, ter sido vítima de injúria racial por Frederick Wassef, ex-advogado do presidente Bolsonaro. O crime ocorreu em seu local de trabalho no último domingo, 8, sendo a denúncia realizada nesta quarta-feira, 11, e reafirmada em novo depoimento ontem. Duas testemunhas também ouvidas ontem, confirmaram o relato da funcionária que foi chamada de ‘macaca’. 

Já Wassef, nega que o crime tenha ocorrido inclusive pontuando de que a funcionária não é negra, e que se o relato fosse verdadeiro ele teria sido preso em flagrante pelos seguranças do estabelecimento. “Sou vítima de uma farsa e armação montada. Sou vítima de denunciação caluniosa que foi organizada sob orientação de terceiros, visando futura ação indenizatória para ganhar dinheiro através desta fraude arquitetada”, relata ele em nota divulgada à imprensa. Como forma de recorrer ao crime o advogado também denunciou a vítima, por denunciação caluniosa. 

A denúncia da funcionária, que não teve identidade revelada, segue sob investigação e passará por análise das câmeras de segurança do estabelecimento. A vítima relatou já ter vivenciado outras situações humilhantes pelo advogado no estabelecimento, que também se pronunciou por meio de nota de repúdio prestando acolhimento à funcionária. 

Comments