A empresa de criptomoedas Paxfull em parceria com o Instituto GUETTO está lançando o AfroBit_lab, programa de educação financeira voltado para a população negra. O projeto visa divulgar e popularizar o conhecimento a respeito de Bitcoin para as minorias vulnerabilizadas no Brasil.

Em sua primeira turma, o Afrobit_lab selecionará 25 pessoas negras, dentre elas 12 bolsistas e 13 ouvintes, distribuídas nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. Os selecionados com bolsa receberão o valor mensal de R$ 1.300,00. Acesse aqui para realizar inscrição. As pessoas aprovadas irão aprender, através de aulas ao vivo e online, sobre Bitcoin, inglês, engajamento social para comunidades, educação antirracista, prática de mediação e análise de dados.

Importante destacar que os candidatos precisam ainda de alguns pré-requisitos para a candidatura ao programa. Habilidades de comunicação, facilidade em lecionar, familiaridade e interesse em criptoativos e bitcoins, além de compromisso e afinidade com causas raciais estão entre os tópicos exigidos.

Os participantes se tornarão mediadores de conhecimento em Bitcoin através de um treinamento online, que iniciará no dia 01 de agosto e com final previsto para 02 de setembro de 2022. Ao final do programa, as pessoas bolsistas apresentarão masterclasses online com intuito de difundir o conteúdo. O Paxfull e o Instituto GUETTO anunciaram também que para a segunda edição do Afrobit_Lab, ainda sem data definida, a projeção é formar 300 bolsistas através do programa.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments