Em ‘Woke’, acordar para o racismo é como enlouquecer

0
364

Nessa semana, chegou ao serviço de streaming Hulu, a primeira temporada da série de comédia, “Woke”. A comédia acompanha Keef (Morris), um cartunista afro-americano, o qual finalmente está para conquistar o merecido sucesso pelo seu trabalho. Mas um incidente inesperado ocorre, e tudo muda por completo.

“Woke” tem dois elencos, o que você vê e o que você só ouve. Os performers invisíveis têm mais poder de estrela do que o elenco regular, embora você tenha que prestar bastante atenção aos créditos para descobrir isso.

As vozes que aparecem repentinamente dentro da cabeça do jovem cartunista negro, depois que sua vida complacente em São Francisco é tirada do curso por um encontro hostil com a polícia. Ao longo de oito episódios, seu despertar forçado e muitas vezes relutante para as realidades da raça vai custar-lhe um acordo de sindicação e um relacionamento, e levar a uma surra, entre outras coisas.

No elenco da série estão nomes como: Lamorne Morris (New Girl), Blake Anderson (The Big Bang Theory), Lara Goldie (Bull), Elizabeth Bowen (Fargo), Nathan Houle (The Terror), Brandi Alexandrer (Smallville) e Alvina August (The Good Doctor).

Hulu

O Hulu é um famosos concorrente da Netflix — e chamou a atenção com o sucesso dos seus conteúdos originais, como a série The Handmaid’s Tale (O Conto da Aia). Além do streaming, com uma assinatura mais cara, é possível desfrutar de canais como NBC, BBC, ABC, Fox, Viacom, Comcast, MTV, VH1, Discovery… são mais de 60 canais ao vivo e sob demanda.

O Hulu só funciona nos Estados Unidos e no Japão. Portanto, você precisará de VPN e uma forma de pagamento emitida pelos EUA (cartão de crédito local).

Confira o trailer de Woke

Comments