Em decisão unanime, júri declara policial Derek Chauvin culpado pela morte de George Floyd

0
2348
Derek Chauvin, ex-policial acusado de matar George Floyd, acompanha seu próprio julgamento em Mineápolis (EUA) nesta segunda-feira (19) — Foto: Court TV via AP

Um dia histórico e de muita emoção. Nessa terça-feira, (20), doze jurados decidiram o destino de Derek Chauvin, policial que matou George Floyd em maio de 2020 em Mineapólis, nos EUA. Eu uma decisão unanime, todos jurados declararam o policial culpado pela morte de Floyd. A sentença deve sair em 2 meses e ele aguardará a decisão na cadeia..

Ao todo foram três acusações:

  1. homicídio culposo
  2. negligência ao assumir o risco consciente de causar a morte de Floyd
  3. causar a morte, sem intenção, através de um ato perigoso, sem consideração pela vida humana

As discussões tiveram início na segunda-feira após o fim dos depoimentos de testemunhas, defesa e acusação no processo. Chauvin foi convidado a se apresentar, mas se recusou a depor no tribuna.“Vou invocar meu direito de não me pronunciar”. Pelo protocolo, os jurados não estavam presentes, mas foram comunicados.

O assassinato que mudou o mundo

George Floyd morreu em maio de 2020 após ter o pescoço pressionado pelo joelho do policial Derek Chauvin, em Mineápolis, por 9 minutos e 29 segundos.

Mural de George Floyd no local de sua morte em Minneapolis Foto de: Caroline Yang para o New York Times

A polícia estava no local porque o ex-segurança negro, com 46 anos, teria tentado pagar uma conta em uma mercearia com uma nota falsa de US$ 20. Imagens mostradas mostraram que Floyd não ofereceu resistência à abordagem dos agentes.

A violência policial contra um homem negro e pobre — mais um caso entre tantos — gerou uma série de protestos em Mineápolis que logo se espalharam para diversas partes dos Estados Unidos.

Com informações do G1.

Comments