Dois anos de uma família negra em horário nobre

0
1824

A personagem Gleyce Soares, interpretada por Maria Gal, mãe de Kessya (Duda Pimenta) e Jefferson (Vítor Brito), única mãe de família negra no ar por 2 anos ininterruptos em telenovela no Brasil, chega ao fim da primeira temporada de sua trajetória nesta segunda-feira (13) em As Aventuras de Poliana do SBT.

Numa jornada de heroína, a personagem começou a trama casada, trabalhando na limpeza da escola Ruth Goulart, com dois filhos que por alguns momentos sofreram por estudar numa das maiores escolas do país, por conta da rejeição de seus colegas, por serem negros e pobres.

Gleyce influenciou os filhos a estudarem na escola, Kessya com o apoio da mãe se destacou no ballet, Jefferson na área de tecnologia, enquanto Gleyce ao longo da trama foi uma das líderes do Comitê do Laço Pink, ficou viúva tendo que criar os filhos sozinha mas não desanimou, até pedir para largar o trabalho de limpeza.
Sem falar que ela ainda teve que lidar com os bandidos da comunidade e o vilão Roger interpretado por Otávio Martins. Ô paizinho do Céu! (bordão da personagem que ficou na boca da audiência).

Ao final da novela podemos ver a carismática personagem em vários núcleos da trama. Foi aprovada para a faculdade de administração, contribuiu para o empoderamento de suas amigas vítimas de seus pares, vai sair da comunidade para uma casa melhor e para alegria de todos está com um grande amor, seu ex professor Henrique interpretado pelo ator Paulo Américo.

É importante destacar também que Gleyce Soares é a única personagem negra a ter um programa fora da novela, no mundo real, no Youtube.
O programa que chama Dicas da Gleyce, trata-se de um programa sobre dicas de finanças e conta também com histórias inspiradoras. O programa tem mais de 270 mil visualizações em menos de 2 meses .

Percebemos nessa trajetória uma personagem forte, que superou desafios, ética, e que representa as mulheres brasileiras e o Brasil.
Gleyce trás um conteúdo que queremos ver, afinal de contas num país como o Brasil onde 55,8% da população se autodeclara negra, personagem como a Gleyce Soares na TV é necessária.

Comments