“Desejo que meus 40 anos sejam cheios de liberdade”: Em entrevista, Beyoncé fala sobre dores, cobranças e evolução

0
“Desejo que meus 40 anos sejam cheios de liberdade”: Em entrevista, Beyoncé fala sobre dores, cobranças e evolução
Imagem: CAMPBELL ADDY

A cantora Beyoncé concedeu uma entrevista para a revista “Hapers’s Bazaar” e conversou um pouco sobre as motivações que a fizeram separar sua vida pessoal da “persona Beyoncé”. Revelou que cresceu diante de cobranças feitas por ela mesma para conseguir se destacar no que fazia e ainda disse que pensava constantemente  “A fé sem trabalho é morta” e dedicou muito tempo de sua vida a essa frase.

“Eu estava competindo em competições de dança e canto aos sete anos. Quando eu estava no palco, me sentia seguro. Muitas vezes eu era a única garota negra, e foi então que comecei a perceber que tinha que dançar e cantar duas vezes mais forte. Eu precisava ter presença de palco, inteligência e charme se quisesse vencer.”

Imagem: CAMPBELL ADDY

A cantora disse que sempre “dividiu” sua vida em décadas e a cada aniversário que se passava ela refletia sobre sua vida e sobre os ensinamentos que teve durante aquela década que passou. Aos 20 ela sabia que não poderia errar e tentou se destacar fortemente em seu trabalho. “Sacrifiquei muitas coisas e fugi de qualquer distração possível. Eu sentia, como uma jovem negra, que não poderia estragar. Senti a pressão de fora e seus olhos me observando tropeçar ou falhar. Eu não poderia decepcionar minha família depois de todos os sacrifícios que eles fizeram por mim e pelas meninas. Isso significava que eu era o adolescente mais cuidadoso e profissional e cresci rápido”.

Finalmente, e anunciando que pensa em comemorar a nova idade. Ela falou sobre os seus aguardados 40 anos e como planeja estar mais leve e com mais tempo para curtir as pessoas que vivem ao seu redor.

“Quero ter a mesma liberdade que sinto no palco. Quero explorar aspectos de mim mesma que não tive tempo de descobrir e desfrutar da companhia do meu marido e meus filhos. Quero viajar sem trabalhar. Quero que a próxima década seja sobre celebração, alegria e dar e receber amor. Quero dar todo o amor que tenho às pessoas que me amam de volta”.

CAMPBELL ADDY

Certa de que a mulher que muitos conhecem não a completa mais, Beyoncé diz que não se deixa mostrar totalmente diante de pessoas que as aprisionariam de opiniões “Estou em um ponto em que não preciso mais competir comigo mesmo. Minha música, meus filmes, minha arte, minha mensagem – isso deve ser o suficiente.”

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display