A filosofia do uma puxa a outra, felizmente está cada vez mais presente nas redes sociais. E uma que vale destacar durante esse Mês da Mulher é a Cooperativa de Likes que surgiu dentro de uma grupo babado de celebridades negras, chamado de Pretas Pretas, Pretinhas ou PPP que inclui nomes famosos como os das atrizes Tais Araújo, Cris Vianna, Erika Januza, as cantoras preta Gil, Iza, as intelectuais e jornalistas  Flávia Oliveira e Djamila Ribeiro,  a militante Jurema Werneck, entre outras.

Como a mídia insiste em dar visibilidade sempre para o mesmo grupo de celebridades, elas, as mulheres que têm destaque na imprensa e publicidade, resolveram virar os holofotes para as menos conhecidas por meio da Cooperativa de Likes , que são cards ( cartões), com foto e perfil da profissional. Todas mulheres negras.

“Existe um grupo no WhatsAPp que Tais Araújo criou e dentro deste grupo a Tia Má (Maíra Azevedo) levantou que poderíamos fazer alguma medida afirmativa que servisse para fortalecer as participantes que estavam no grupo”, explica Caroline Moreira produtora cultural e criadora de projetos com protagonismo feminino que organizou a campanha de uma forma padrão para que todas as mulheres usassem suas redes para potencializar a rede da outra.

Sua empresa Três Tons de Preto  foi a responsável pela execução dos cards. A arte foi feita por  Thiarles Batista designer e sócio da produtora.

“Os cards estão sendo lançados nas redes de todas as que participaram. Ao todo são 55 cards publicados desde novembro e neste mês da mulher serão todos postados e republicados. Cada uma tem sua forma usar suas redes e isso foi respeitado, se você ver um card em alguma rede de seu like e participe dessa ideia”, finaliza Caroline.

Os cards do projeto podem acessados no Instagram da 3 Tons de Preto e também no das PPP. 

Comments

Comentários