Comunidade Nelson Mandela: Jovem usa celular e Facebook para denunciar o abandono de 600 famílias em SP

0
1651
Reginal magem: Reprodução Facebook

De maioria negra, com muitas crianças e idosos, a Comunidade Nelson Mandela, em Campinas despertou nessa terça-feira (28),  com a chegada da Polícia Militar em uma operação de reintegração de posse. Eram seis horas da manhã quando famílias foram obrigadas a deixar as suas casas sem ter para onde ir, onde deixar os móveis e documentos pessoais, já que o prefeito da cidade, Jonas Donizete se negou a oferecer algum espaço para os desabrigados, mesmo depois que uma comissão de deputados e vereadores tentaram convencê-lo a usar o ginásio da cidade como abrigo.

Em reação a ação truculenta da polícia e da omissão das autoridades em relação ao destino dessas 600 famílias, moradores se revoltaram e chegaram a ferir um PM.

Todo esse clima de caos e desespero, foi registrado por imagens de celular pelo morador da comunidade, Reginaldo Nascimento Leal.

“Pedimos que a prefeitura cedesse um ginásio para as famílias, mas a prefeitura se negou e está colocando famílias com idosos e deficientes na rua”, diz o jovem tendo ao fundo a imagem de objetos queimados, usados para dificultar a ação da polícia e dar tempo para que as famílias pensarem em alguma solução.

https://www.facebook.com/RegisNascimento/videos/1653533267996930/

Nessa noite, não sabemos onde essas pessoas comerão ou dormirão. mas a coragem (sim porque a polícia não é muito “amigável ” com jovens negros) de Reginaldo mostra que a tecnologia pode e deve ser usada para denunciar afronta aos direitos humanos e denunciar o descaso das autoridades.

Comments