A exposição “Egito Antigo: do cotidiano à eternidade”, em cartaz no Centro Cultural do Banco do Brasil, bateu um recorde histórico da instituição no Rio de Janeiro: um milhão de pessoas passaram pelo CCBB para ver as obras desde o dia 12 de outubro, quando a exposição estreou.

No dia 15, a estudante Luanda Santana foi a visitante de número um milhão e recebeu flores da instituição, para comemorar o feito inédito. “Premiar a visitante de número 1 milhão da exposição é uma forma simbólica de agradecer a cada um desses 1 milhão de visitantes que saíram de suas casas, muitas vezes enfrentaram fila, o calor do verão carioca, e vieram prestigiar um acervo histórico tão importante como este do Museu de Turim”, disse Sueli Voltarelli, gerente geral do CCBB.

Estudante Luanda Costa, visitante de número 1 milhão, recebeu flores da gerente geral do CCBB RJ, Sueli Voltarelli — Foto: Divulgação

Por conta de todo o sucesso, o CCBB-RJ prorrogou a visitação da mostra até 02 de fevereiro.

No dia 19 de fevereiro, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo receberá a mostra que conta com mais de 140 itens expostos, entre eles a múmia de Tararo datada de 700 A.C. A mulher era integrante da 25ª dinastia, que ficou conhecida como Dinastia Núbia ou Faraós Negros. Outra peça que tem chamado atenção do público é a estátua da divindade Sekhmet, com cabeça de leão, ela tem mais de 2 metros e 500 quilogramas e é associada à guerra.

Depois, de São Paulo, Brasília e Belo Horizonte receberão a exposição.

Centro Cultura Banco do Brasil
Endereço: R. Primeiro de Março, 66 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20010-000
Horário:
Aberto ⋅ Fecha às 21:00
Telefone: (21) 3808-2020

Comments