“Cite uma mulher branca rica casada com um homem preto pobre”, Dr. Umar volta a atacar casamentos inter-raciais

0
13049
Dr. Umar Johnson em entrevista ao BreakFast Club - Foto: Reprodução

Talvez você já tenha visto pelo Facebook um vídeo antigo do  ativista negro e professor afroamericano Dr. Umar Johhson sobre a importância do amor entre pessoas negras. Nele ele afirma que ninguém entende melhor o homem negro do que a mulher negra, sobretudo em relações a problemas como racismo e violência policial.

Nesse final de semana Jonhson que não é uma unanimidade entre a comunidade negra americana, seja por seus trejeitos aos falar que geram memes infinitos, seja por alguns posicionamentos ofensivos para comunidade LGBTQ+ , voltou a dar sua opinião sobre casamentos inter-raciais no programa The Breakfast Club.

Separamos alguns trechos mais enfáticos sobre seu ponto de vista e vale ressaltar que é a opinião dele:

“Pessoas brancas me chamam de Hitler Negro. Eu não tenho interesse em machucar pessoas brancas, latinas ou asiáticas . Eu respeito todo mundo. A razão pela qual sou contra relacionamentos inter-raciais é porque o casamento é um contrato econômico”.

“As mulheres geralmente não se casam com alguém com situação financeira pior do que a delas. Se você não acredita em mim, me mostre uma mulher branca rica que se casou com um cara negro sem dinheiro.”

“Casamento não é sobre amor, não é cego em termos de cor e é totalmente econômico. E se casamento é uma união econômica e um contrato, então como nós (negros) que quase não temos muito, vamos dar o que temos para pessoas brancas que já tiraram tanto de nós?”.

“Nós damos o que temos para as mulheres brancas enquanto tem tantas mulheres negras sem se casar. Somente uma em quatro mulheres negras nos EUA vão se casar. Se você quiser salvar as famílias negras, você tem que proteger essas famílias e ser contra casamentos inter-raciais”.

“Casamentos inter-raciais estão acabando com as famílias negras porque não está provendo para as mulheres negras homens negros suficientes para ser marido delas”.

“ Ninguém deveria casar fora da raça por causa das consequências políticas.”

E aí o que acharam desse pensamento? Radical, sentato, generalista? Conta para gente.

Comments