Campanha de financiamento coletivo vai apoiar profissionalização de 10 youtubers negras brasileiras

0
1001

Desde o dia 31 de agosto a campanha de financiamento coletivo do projeto está ativa e ficará disponível até o dia 14 de outubro. A iniciativa é da jornalista, designer e historiadora mineira Lívia Teodoro, criadora do canal e do blog Na Veia da Nêga e do Clube de Blogueiras Negras.

O financiamento busca arrecadar 25 mil reais para promover oficinas de análise do discurso, segurança digital e produção de vídeo, para jovens que criam conteúdo socialmente responsável.

Durante dois dias, 10 blogueiras e youtubers negras vão participar oficinas de análise do discurso, produção de vídeo e segurança digital. Ao final, o conteúdo produzido será disponibilizado para votação pública e as vencedoras receberão equipamentos.

Acredito que esse projeto seja de extrema importância para colocar as youtubers negras em outro patamar. Num momento em que vemos grandes canais no YouTube entrando em polêmicas racistas, machistas e xenofóbicas, é importante valorizar e dar espaço àquelas que vêm fazendo uma comunicação representativa e socialmente responsável”, diz Lívia.

A campanha é na modalidade matchfunding, quando uma empresa apoiadora multiplica o valor recebido. “A cada real arrecadado pela campanha, o Movimento Coletivo vai somar mais dois. Assim, quem contribuir com 10 reais pode sentir no coração que colaborou com 30”, destaca Nattany Martins, uma das youtubers que será beneficiada pelas oficinas do projeto.

Hoje, uma das maiores dificuldades enfrentadas pelas produtoras de conteúdo que estão fora dos assuntos considerados comerciais é encontrar motivação para continuar a produzir mesmo sem patrocínio. Vivemos num mundo que privilegia os conteúdos bem produzidos. Logo, além de saber o que falar, é preciso transmitir com qualidade. Essa é a finalidade da nossa formação!”, finaliza Lívia.

As contribuições vão de 10 a 500 reais, e recompensas são oferecidas como contrapartida para os benfeitores. O site para colaborar é benfeitoria.com/cbnegras, no ar a partir de 12h do dia 31. A campanha fica no ar por 45 dias. A produção executiva é de Zaíra Magalhães.

Nesta modalidade de financiamento coletivo, toda a captação realizada pelos projetos na Benfeitoria será triplicada pelo Movimento Coletivo, a plataforma de investimento social da Coca-Cola Brasil, por meio de um fundo de R$ 500 mil. Conheça os demais projetos acessando o link: https://www.cocacolabrasil.com.br/historias/negras-potencias-voce-pode-ajudar-16-projetos-de-empoderamento-a-captarem-500-mil-em-matchfunding. 

Comments

Comentários