Camilla de Lucas comemora a sua primeira capa de revista

0
909

Capa da revista Ela de setembro, Camilla de Lucas tinha somente três amigos na escola particular onde estudou, em Nova Iguaçu, durante a adolescência. “Lembro-me perfeitamente do dia em que todos eles faltaram, e eu não tinha com quem lanchar. Fiquei meia hora dando voltas pelo colégio, porque sentia vergonha de passar esse tempo sentada sozinha”, contou em entrevista, ao rememorar o isolamento sofrido por ser uma das duas únicas pessoas negras da sala.

Hoje com 25 anos, quase dez anos depois de concluir o ensino médio ela se tornou um dos mais recentes fenômenos das redes sociais no Brasil. A “blogueirinha real” e que faz publis pra dezenas de marcas, sem que o conteúdo fique forçado ou chato, soma mais de 6 milhões de seguidores, juntando Instagram, Tik Tok, YouTube e Twitter, e é vista como expoente de uma nova geração de influenciadores.

“Fui entrar na internet só em 2017, quando já tinha me curado dos problemas de autoestima, e tudo aconteceu meio sem querer”. Camilla passou anos da sua vida acreditando nas palavras racistas que lhe foram ditas “não entendia porque me achavam feia”. O tempo passou, Camilla amadureceu e percebeu que as pessoas estavam levando em conta a cor da sua pele: “Chegava na sala, me zoavam e, naquela época, a única opção era engolir o choro”.

Agora rainha da internet segue ganhando o mundo, a primeira parada é a capa da revista Global, mas com certeza não será a última; Confira:

Comments