Cabelo errado e erros contabilizados : imprensa tóxica tenta queimar a imagem de Maju Coutinho na Globo

0
Cabelo errado e erros contabilizados : imprensa tóxica tenta queimar a imagem de Maju Coutinho na Globo

Falar sobre a jornalista Maju Coutinho é algo que sempre gera cliques, engajamento, enfim é um assunto que vale a pena repercutir em um mundo que fatura, literalmente, com o compartilhamento de notícias.

A trajetória da Maju tem sido crescente e consistente. Desde quando ela foi escolhida para falar sobre o clima no Jornal Nacional, até agora, como apresentadora do Jornal Hoje, o Brasil tem seus olhares voltados à jornalista que etnicamente, representa a maioria da sua população.

Desde que assumiu a nova função no programa jornalístico mais assistindo durante à tarde , muitas notícias têm sido destaques em grandes portais com críticas à atuação de Maju.

O volume do cabelo da jornalista, que teve que usar aplique e seu “nervosismo”, foram algumas das informações que chegaram a imprensa divulgando informações de fontes que obviamente não torcem pelo sucesso da Maju.

Foto: Reprodução Twitter ( Rene Silva)

O jornal Correio 24 Horas, por exemplo, chegou a divulgar que os erros gramaticais, que na verdade sabemos que são erros de pronúncia, estão sendo contabilizado.  Eles reproduziram uma matéria originalmente feita pelo UOL.

A matéria original, descreve esses erros, como se isso tivesse alguma relevância quando comparados à carreira de Maju:

“No JH de ontem (8), Maju reduziu os erros para seis. Engoliu um “m” ao falar “desastre abiental”, esqueceu do plural em “23 amostra” e errou a concordância de gênero com “aquela divórcio”.Mesmo tomando cuidado com as palavras grandes, se embananou com “parlamentares”. 

Qual a intenção da exposição desses erros que diariamente  notamos em vários telejornais e textos de site (inclusive esse)?

Esse incômodo com a perseguição midiática contra a Maju, não passou desapercebido no Twitter:

https://twitter.com/thiamparo/status/1181986027600273408

A mídia desumaniza a figura da Maju ao expor dados tóxicos, vindos de fontes com intenções duvidosas. Essas notícias são irrelevantes perto da trajetória da jornalista, não ajudam uma mulher negra recém chegada à um espaço de tamanha exposição.

Sim, essa crueldade é alimentada por pessoas de dentro da Globo que deixam informações de bastidores “vazarem” com o intuito de tirar o merecimento que a jornalista tem de ocupar esse posto, que inclusive, deveria ter sido ocupado há tempos.

Temos que ficar atentos e não ignorar a cor da vítima desses ataques  e não admitir essas insinuações absurdas sobre o despreparo de Maju Coutinho.

 

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display