Black Lives Matter in Italian Fashion: Estilistas negros protestam contra a invisibilidade na moda Italiana

0
975
Foto: The Guardian. Vestido de Fabiola Manirakiza

O Grupo formado por cinco estilistas, deseja conscientizar as pessoas sobre a falta de diversidade no mundo da moda. Gravado no Palazzo Clerici de Milão, o evento digital ”We Are Made in Italy”, apresentou as coleções de primavera/Verão do time formado por Claudia Gisele Ntsama, Karim Daoudi, Fabiola Manirakiza, Mokodu Fall, e Joy Meribe. Todos foram orientados pela única negra que integra o conselho italiano de moda, a italo-haítiana Stella Jean.

Stella, reconhece o problema racial vivido pelos profissionais negros de moda no país, e diz que precisam fechar essa ferida. Ela pede que as casas italianas de moda e o órgão diretivo do setor apoie estilistas negros e enfrentem o racismo. Cerca de 1,2 milhões de habitantes da Itália são negros, e acabam tendo suas identidades apagadas no meio de 60 milhões de habitantes do país.

Todos os integrantes do Black Lives Matter In Italian Fashion, atuaram em outras áreas antes de realizarem seus sonhos na moda. A maior parte não obteve resposta dos currículos que enviaram para empresas de moda, mas alguns tiveram reuniões promissoras que nunca deram em nada, sem explicação alguma do motivo.

O grupo é formado por integrantes do Burundi, Nigéria e Camarões. Em suas roupas, eles expressam as culturas de seus países.

Comments