Bibliotecária cria empresa de gerenciamento para empreendedores Pretos, Projetos e Produtos culturais

0
1058
Bibliotecária cria empresa de gerenciamento para empreendedores Pretos, Projetos e Produtos culturais
Bibliotecária cria empresa de gerenciamento para empreendedores Pretos, Projetos e Produtos culturais

Ensinar histórias africanas em escolas para crianças a partir de zero a dois anos. Gerir carreiras de artistas afro-brasileiros. Produzir rodas de samba em São Paulo e no Rio de Janeiro. O que essas iniciativas têm em comum? Se você respondeu nada, está redondamente enganado. Essas e outras ações fazem parte dos serviços oferecidos pela Muzenza Mungongo, que alia os conhecimentos da empresária Karina Souza a sua formação em Biblioteconomia a sua paixão: Gerenciamento, Cultura e promoção da Educação Preta.

Atuando em três vertentes, a Muzenza atua na gestão de ações e negócios. A empresa que tem criado um novo modelo de negócio, embasado nos ensinamentos Africanos. A Muzenza Mungono nasce do desejo de criar processos gerenciais com foco no bem estar humano antes de números.

“As vezes projetos, trabalhos e empresas não resistem por má gestão, visão e é importante entender a necessidade de olhar para si, para o negócio, ter uma bom gerenciamento de tempo, energia e conhecimento para que os negócios sejam direcionados firmemente e tragas resultados potente”, diz Karina.

“A partir dessa perspectiva, busco a autonomia e replico com os meus, meu tempo, meu intelecto, minha energia. A partir de então nasce a Muzenza Mungongo que significa saída para o mundo”, aponta.

A Muzenza iniciou suas atividades em 2017, com atividades no Salão Preta Brasileira em São Paulo e no Parque Madureira, em parceria com o Coletivo Ação Nós por Nós: Uma roda de conversa sobre Cultura, informação e disseminação de conteúdo. De lá para cá, a empresa foi diversificando sua área de atuação.

Com uma gama diversificada de clientes e de projetos autorais, a Muzenza tem se destacado com iniciativas como o Afroliterar, que ensina histórias africanas para crianças de zero a três anos, em quatro escolas públicas de São Paulo.

Além disso, Já para o próximo ano a  Muzenza está produzindo os eventos Pílulas de Conhecimento, que contará com empreendedoras que dividirão com os participantes dicas e insights fundamentais para prosperarem em suas áreas. A primeira edição contará com Karina Souza, da Muzenza, e Tássia di Carvalho, da Agência Is.

Para acompanhar a Muzenza Mungongo, acesse: muzenzamungongo@gmail.comou fb.com/mungongomuzenza.

Comments

Comentários

Artigo anteriorMarca carioca alia africanidade contemporânea com peças únicas
Próximo artigoJamaicana, Miss Mundo faz uma declaração emocionante à sua mãe: ” Você é minha melhor amiga”
Tássia di Carvalho é graduada em Jornalismo e Publicidade e Propaganda, além de possuir MBA em Mídias Sociais e especialização em Marketing Digital e Cultura Contemporânea. Criou a Agência Is em junho de 2016, assim que saiu do Jornal O Dia, aonde era colunista e repórter. No periódico, ela cobria o lado positivo de favelas e periferias e percebeu um nicho em que poderia atuar, ajudando os pequenos projetos que inseria nas páginas da publicação. Em pouco tempo, viu que a demanda na área de comunicação era necessidade em diversas organizações do terceiro setor e de ações de impacto social. Em três anos, a Is já contabiliza mais de 35 clientes, desde os pequenos projetos que ela queria ajudar até grandes organizações de renome internacional como British Council, BrazilFoundation, Favela Mundo e FLUP. Palestrou em grandes eventos como TEDxPedra do Sal, MindTalk e BlackTalks.