Após ser baleada na cabeça, líder do movimento Black Lives Matter, está em estado crítico no hospital

0
Após ser baleada na cabeça, líder do movimento Black Lives Matter, está em estado crítico no hospital
Sasha Johnson em protesto / Imagem: Divulgação

Ativista britânica do movimento “Black Lives Matter”, Sasha Johnson, foi baleada na cabeça na madrugada de domingo no Sul de Londres, segundo o partido em que a jovem faz parte, o “Tomando Iniciativa”.

Johnson tinha recebido o apelido de “Pantera Negra de Oxford” por sua atuação no movimento e histórico acadêmico. Ela está na unidade de terapia intensiva em um hospital da região e os médicos não liberaram mais informações sobre seu estado de saúde, as informações passadas são de que o “ataque brutal” ocorreu em Peckham, no Sul de Londres, após “numerosas ameaças de morte”. 

Sasha Johnson (centro) em protesto do movimento Black Lives Matter em Londres em junho de 2020

Em entrevista à BBC, Imarn Ayton fundadora do Movimento Reformista Negro britânico, afirmou não crer que sua amiga tenha sido um “alvo proposital”. Segundo ela, tudo indica que houve uma briga de gangues rivais na festa onde Johnson estava:

Sasha estava em uma festa e uma gangue supostamente ouviu que uma de suas inimizades também estava lá, então passaram de carro pelo local e atiraram no jardim — disse Ayton. — Um desses tiros obviamente atingiu Sasha Johnson, mas eu não acredito que ela tenha sido um alvo proposital.

A policia londrina afirmou que as investigações estavam tendo bom progressos por causa das testemunhas, mesmo sendo um incidente chocante e doloroso. “Eu reconheço que esse incidente vai chocar a comunidade local e alé, mas pedimos que as pessoas evitem especular sobre os motivos ou as circunstâncias por trás dele.” disse o superintendente da polícia, Jimi Tele.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display