Apesar do grande número de indicados, nenhum negro leva Emmy nas categorias de atuação

0
Apesar do grande número de indicados, nenhum negro leva Emmy nas categorias de atuação
Billy Porter, MJ Rodrigues e Michael K. Williams.

Apesar disso, Michaela Coel levou o Emmy de Melhor Roteiro em Minissérie por ‘I May Destroy You’ e RuPaul se consegrou como o maior vencedor negro do Emmy, com ‘RuPaul’s Drag Race’.

Nenhum ator ou atriz negra levou a estatueta do Emmy Awards nas categorias de atuação na noite deste domingo (19). Apesar de nomes de peso como MJ Rodriguez e Billy Porter, com atuação em Pose e Michael K. Williams, por Lovecraft Country, todas as principais premiações de atuação foram para pessoas brancas.

A queda no número de vencedores negros é um contraste com a premiação do ano passado, quando quatro atores negros venceram as principais categorias: Zendaya (“Euphoria”), Regina King e Yahya Abdul-Mateen II (“Watchmen”) e Uzo Aduba (“Mrs. America”).

No entanto, pessoas negras venceram em outras categorias, com grande destaque. Com 11 vitórias na carreira no total, o apresentador e produtor RuPaul quebrou o recorde de mais vitórias em Emmy por uma pessoa negra, já que “RuPaul’s Drag Race” foi eleito o programa de competição de destaque na noite de domingo. A série é o reality show mais elogiado desde que o Emmy Awards criou as categorias de programação de reality em 2001.

Já a atriz e roteirista Michaela Coel ganhou o Emmy de Melhor Roteiro em Minissérie por “I May Destroy You”. Com esta vitória, Coel se tornou a primeira mulher negra a vencer na categoria, e fez um discurso emocionante ao receber o prêmio, dedicando a vitória às vítimas de abuso sexual.

“Escreva o conto que te dá medo e insegurança, que é desconfortável. Eu te desafio, num mundo que fica tentando nos  atrair para várias coisas diferentes. Não tenha medo de desaparecer só por um tempo e veja o que vem para você no silêncio”, disse ela. “Dedico essa história a sobreviventes de abuso sexual”, dedicou ela.

Comments

No posts to display