Ana P. fala sobre empoderamento feminino e racismo em novo videoclipe

0
632

Rap de mensagem!!! É isso que Ana P. traz em seu novo single, intitulado “Ana Preta“, que aborda o empoderamento feminino e protesta contra o machismo e racismo, tem instrumental de Dj Max  e Dj Qap. A música tem batida forte, dançante e moderna, que garantem um pouco de leveza ao tema tão pesado. O videoclipe foi lançado pelo canal Rap Box, do Léo Casa 1.

Na faixa, menciona Dandara (guerreira negra do período colonial do Brasil, esposa de Zumbi dos Palmares) e complementa dizendo: “não quero a sobra de nada, brigo por todas, minha luta é diária. Branco, preto, amarelo, pago o preço tenho apreço. Te respeito, e mereço, mereço o mesmo sentimento”.

O clipe conta com a presença de mulheres negras importantes em seu convívio: Bruna Battys (estilista), Klass Doll (rapper), Mari Teixeira (produtora executiva), Karina Matos (esteticista), Carol Romero (maquiadora), Amanda Negrasim (cantora), Welida Queen (cabeleireira e maquiadora), Yasmin e Íris (irmãs), Mayah (enteada) e sua filha Ana Crystinah, que completa o time com chave de ouro.

Antecedendo o lançamento do vídeo, Ana promoveu também um minidoc com os bastidores da gravação que rolou no Estúdio Casa 1 e foi produzido pelo Na Cena e um lyric no YouTube.

Nascida em São Mateus, periferia de São Paulo, Ana Paula Onofre, começou sua trajetória no Hip Hop como dançarina de Street Dance e, devido ao engajamento com o movimento, em 2010 iniciou sua carreira como rapper junto ao grupo “AS MINA”; coletivo de rap que integrou por cinco anos. Agora em carreira solo, Ana prepara o lançamento do seu primeiro EP que, além da faixa “ANA PRETA”, contará com a participação do rapper Thaíde em uma das músicas.

Comments

Comentários