Em um texto para o jornal Folha de S. Paulo, o ator Lázaro Ramos admitiu que apesar da relevância do filme Olhos que condenam, da diretora Ava Duvernay, ele não conseguiu ver a série. “Assisti 20 minutos e parei”, disse o diretor baiano.

Em mais uma tentativa sugerida por amigos, Lázaro acabou vendo um pedaço de cada capítulo e a meia hora final do último da série produzida pela Netflix. “Acho que é tão dolorido porque tem a ver com dia a dia da gente. Esse pauta pula todos os dias no colo da sociedade”, disse o ator.

Ela lembra que em o Topo da Montanha, espetáculo que dirigiu e atuou, a preocupação é sempre “sugerir um caminho. E não ficar apenas na denuncia”.

“Talvez por isso essa série me doeu de um jeito que não deu para mim, não, mesmo sendo muito bem realizado e executado. Para além dessa questão, Ava Duvernay é uma diretora que já se tornou fundamental”, finaliza Ramos.

E você conseguiu assistir?

 

 

 

Comments

Comentários