Aceitem: Friends é plágio de Living Single, sim!

0
3519
Living Single é uma série norte-americana criada por Yvette Lee Bowser em 1993 que retrata a vida de seis amigos que compartilhavam suas experiências pessoais e profissionais no Brooklyn, bairro de Nova Iorque. A série foi estrelada por Queen Latifah, Kim Coles, Erika Alexander, T. C. Carson, John Henton, Kim Fields e Mel Jackson (Foto- Reprodução Instagram)

Por Thais Sena

Via Portal TNM

Você já deve ter ouvido falar sobre Living Single em algum momento da sua vida. E é possível (e provável) que a referência tenha sido uma comparação com uma outra série muito semelhante, mas de repercussão muito maior. Esse texto visa discutir essa comparação, mas reafirmo o título: Living Single não é a versão preta de série nenhuma!

Recentemente acompanhei o Tago, que é uma figura ativa nas redes sociais, pensador, escritor do blog Papiro Indômito e mestrando em Saúde Pública, falar sobre como esse tipo de comparação serve para reafirmar a superioridade branca e impedir que os outros tenham seu próprio nome reconhecido: temos sempre a comparação com o “Messi Negro”, a “Fernanda Montenegro negra”, mas nunca o “Pelé Branco”, o “Denzel branco”, a “Viola branca”. Por isso, é importante reafirmar que Living Single não é a variação de uma série de mais sucesso com atores brancos. Pelo contrário. A tão aclamada série Friends, que rendeu os atores mais bem pagos da história da TV e que chegaram a ganhar 1 milhão de dólares por episódio nas últimas temporadas, é que é uma versão branca de Living Single.

Living Single é uma série norte-americana criada por Yvette Lee Bowser em 1993 que retrata a vida de seis amigos que compartilhavam suas experiências pessoais e profissionais no Brooklyn, bairro de Nova Iorque. A série foi estrelada por Queen Latifah, Kim Coles, Erika Alexander, T. C. Carson, John Henton, Kim Fields e Mel Jackson.

Com Queen Latifah no elenco e Bowser como produtora, que posteriormente atuaria como consultora em séries como Dear White People e Black-ish, a série de 5 temporadas teve motivos de sobra para cair nos braços da audiência ao redor do mundo. Sem contar que era a primeira vez que quatro mulheres negras eram protagonistas de uma série norte-americana. Mas seu maior reconhecimento se dá não por isso, mas pela comparação com a série Friends. Por isso, seguem abaixo os principais embates entre as duas séries para que você entenda, de uma vez por todas, que Living Single é sua própria versão de uma série que a copiou (há quem fale sobre inspiração, mas preste atenção para ver se em algum momento a palavra “plágio” vem à cabeça) e que nem sequer rendeu créditos aos envolvidos:

Data de lançamento

Living Single foi lançada pela Fox em 22 de agosto de 1993. Já Friends foi lançada um ano depois, em 22 de setembro de 1994, pela NBC.

Semelhanças

Friends foi lançado um ano após Living Single , observe a foto e tire suas conclusões

Como se a imagem não falasse por si só, as coincidências vão além das personalidades de cada personagem. Um exemplo é Synclaire e Phoebe que, entre outras coisas, eram defensoras dos animais. A introdução de Friends era, digamos, bem parecida com a introdução de Living Single. E tem mais: o canal Behind The Curtain listou o que as séries têm em comum:  Living Single tinha uma relação familiar, entre Khadijah James e Synclaire James-Jones, que eram primas, assim como Friends tinha Monica e Ross, que eram irmãos e dividiam um apartamento. Max e Khadijah são amigas da faculdade, assim como Ross e Chandler. O mesmo acontece na vida amorosa: na parte dos relacionamentos conturbados, Living Single tinha o casal Max e Kyle e Friends tinha Ross e Rachel (e ambos tiveram um filho); já nos relacionamentos mais consistentes (porém inicialmente escondidos), Living Single tinha Synclaire e Overton enquanto Friends tinha Monica e Chandler.

Living Single originalmente foi ao ar pela Fox. No entanto, durante um entrevista no programa The Late Late Show with James Corden, Queen Latifah falou sobre um acontecimento logo após o lançamento da série: Warren Littlefield, então presidente da NBC, foi questionado sobre a possibilidade de levar o show que quisesse para sua rede e ele respondeu que levaria Living Single. 

O posicionamento dos elencos e produção das séries

Em outra entrevista, desta vez para o Watch What Happens Live with Andy Cohen, Queen Latifah menciona novamente o ocorrido com o presidente da NBC e é questionada pelo apresentador se, com o lançamento de Friends, o elenco achou que já estava fazendo algo parecido e ela respondeu: “Não. Nós sabíamos que já estávamos.”

Quando se trata do elenco de Friends, é mais difícil encontrar qualquer pronunciamento sobre sequer o reconhecimento de Living Single. No início do ano, o ator David Schwimmer, que interpretava Ross, deu um posicionamento controverso, que foi interpretado como o do branco salvador. Ele diz que a série abordou diversas questões importantes como sexo com proteção e casamento gay, mas falhou em muitas outras questões sociais, como a diversidade. Ele ainda disse que muitas vezes defendeu a ideia de que seu personagem se relacionasse com mulheres de cor. Depois disso, chegou a defender que talvez Friends tivesse uma versão asiática ou negra. A declaração foi motivo de muita represália nas redes sociais.

Por outro lado, John Henton, que interpretava Overton, fala sobre o fato de que Living Single era inicialmente transmitido aos domingos na primeira temporada e, depois da estreia de Friends, Living Single também passou a ser transmitido às quintas-feiras às 20:30. Isso pode parecer irrelevante agora, mas lembre-se que estamos falando de um tempo em que não havia serviços de streaming e que a pessoa tinha que escolher qual série assistir. No caso, essa escolha tinha grande repercussão na audiência e, portanto, no futuro das séries. Henton diz ter ficado bravo na época porque a ideia eram deles e não receberam nenhum crédito por isso. Hoje as pessoas falam que Friends é uma ótima série, mas não sabem em que ela foi baseada e não há nenhum reconhecimento sobre Living Single.

Já os produtores de Friends, Marta Kauffman e David Crane, dizem que chegaram na NBC com o que viria a ser Friends e que Littlefield respondeu “É isso!”. Note que depois de todas as “semelhanças” que observamos entre as duas séries, sem nem ser questionado, David Crane faz questão de dizer: “Nós não sabíamos que eles estavam procurando por isso.” Logo, só podemos acreditar que as personalidades, a cidade, os apartamentos, as imagens, o enredo e a história não passam de uma coincidência que favoreceu a série embranquecida.

Por fim, vamos às consequências: enquanto os atores de Friends ganharam fama em Hollywood, colocaram 1 milhão de dólares no bolso por cada episódio nas últimas duas temporadas, tiveram suas próprias séries e participaram de diversas outras produções, Living Single foi encerrada em sua quinta temporada. E quem, além de Queen Latifah, é conhecido aqui no Brasil, por exemplo? Aí está a importância de reconhecer e não limitar Living Single à versão de qualquer outra série. Living Single não foi reconhecida, mas foi ela que provocou a “inspiração” de um novo formato que seria muito copiado posteriormente.

Só para vocês terem uma ideia do quão nocivo isso é: até hoje, todos os atores de Friends ganham em torno de U$ 20.000.000,00 (vinte milhões de dólares) por ano, só pelas reprises de Friends – e assim será pelo resto da vida. Acho que com isso dá para viver mais ou menos, não é? 

Clique AQUI (ou então AQUI) e compre agora a sua camiseta Living Single by TNM Shop e saia por aí esfregando isso na cara das pessoas, com muito deboche. 

Comments