“Parece que vocês estão sempre festejando”. Viola Davis está no Brasil, impressionada com a gastronomia e receptividade dos brasileiros.  A atriz vencedora do Oscar, veio ao Rio de Janeira promover seu último filme, “A Mulher Rei”, que chega ao circuito nacional, no próximo dia 22 de setembro.

Em conversa com a imprensa nesta manhã de segunda, Viola e seu marido Julius Tennon responderam perguntas de jornalistas do Brasil e América da Sul, e uma dessas questões ela retornou para nós, a audiência.

Quando questionada sobre se o filme poderia ter uma sequência, tanto ela, como Julius que juntos digerem a JuVee Productions, produtora responsável pelo filme, responderam que eles não têm como responder sobre o futuro. Quem decide é o mercado que se baseia em números da bilheteria.

“Esse filme é espetacular porque tem de tudo. Tem humor, tem ação, tem emoção. Eu tenho esperança de que esse primeiro passo com o ‘A Mulher Rei’ abra portas. Porque o que a gente entende é que esse tipo de filme que nossa comunidade quer e eu enfatizo de que o filme tem que fazer, dinheiro”, responde Tennon que acrescenta. “Eu espero que esse filme inicie uma proliferação de narrativas como essa”.

“Vocês perguntam isso para pessoa errada. Vocês têm a decisão e o dinheiro para assistirem filmes com pessoas como eu e se vocês não colocarem a grana, filmes assim não serão feitos. Então é uma questão para a plateia: ‘Pessoas negras, mulheres negras, podem ser heroínas em suas próprias histórias,  assim como a Lara Croft em Tomb Raider ( Angelina Jolie), Scarlett Johansson (Viúva negra), Brie Larson ( Capitão Marvel) ? E eu poderia continuar. Se você coloca a grana para vê-las (mulheres brancas) usando suas espadas, batendo nos homens, causando nas telas , você pode colocar a grana para me ver, ver a Lashana Lynch, a Thuso Mbedu e muitas outras mulheres negras que estão por aí”.  A intérprete de Nanisca no longa encerra. “ Isso é o que o ‘Mulher Rei”, tem feito, ou seja, nós acreditamos que ele tocará as pessoas . Uma vez que você é afetado é difícil voltar atrás. Essa é minha esperança. Eu oro por isso”.

RECORDE DE BILHETERIA NOS EUA

Neste final de semana foram revelados alguns números sobre a estreia de “A Mulher Rei”, nos EUA. O longa liderou a bilheteria entre os dias 16 e 18 de outubro arrecadando  US$19 milhões . O filme também tem sido sucesso de entre especialistas em cinema e teve 100% de aprovação no site americano Rotten Tomatoes. 

“Os Agojie falam inglês, com sotaque – uma decisão estratégica por parte de Prince-Bythewood que honra a herança dos personagens, ao mesmo tempo que os torna claramente compreensíveis para o público internacional (em oposição à abordagem de Mel Gibson em Apocalypto, pedindo ao elenco para falar em Yucatec Maya )”, escreveu a Variety em sua crítica sobre o filme.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments