‘A cor púrpura, o musical’ é o grande vencedor do Prêmio APTR

0
711

“A Cor Púrpura” foi premiada em 5 categorias na cerimônia desta quarta-feira (01), dirigida por Fernando Libonati. “As Crianças”, “Estado de Sítio”, “Nastácia”, “Oboró – Masculinidades Negras” e “3 Maneiras de Tocar no Assunto” receberam,
cada um, dois troféus. “Merlin e Arthur: Um Sonho de Liberdade”, “Angels in America” e “A Ira de Narciso” levaram, cada qual, uma premiação.

Foi uma noite em que se exaltou a produção do teatro negro carioca no ano passado, com “A cor púrpura, o musical”, estrelado por um elenco de atores negros, vencendo cinco categorias, entre elas a de melhor espetáculo.

Na categoria especial, o reconhecimento ficou ainda mais claro com o prêmio dado ao “Movimento teatro negro do Rio de Janeiro”, representado pelo ator e dramaturgo Rodrigo França, da Associação Preta de Teatro e Artes (Apreta), que em seu discurso exaltou artistas e grupos de teatro negros de ontem e de hoje.

Neste ano o Prêmio foi diferente. Os ganhadores participaram da premiação ao vivo,
de suas casas. Seguindo os protocolos em tempos de Covid 19, a cerimônia
aconteceu em formato Live, no canal do YouTube da APTR. O Prêmio contou com a
arrecadação de recursos para a campanha APTR ao Lado do Trabalhador de Teatro, que está em plena execução.

A 15ª Edição do Prêmio APTR de Teatro está confirmada para o ano de 2021, em
formato a definir.

Veja o vencedores do 14º Prêmio APTR:


Produção:
“A cor púrpura, o musical”

Espetáculo:
Empate entre “A cor púrpura, o musical” e “Estado de sítio”

Especial:
Movimento teatro negro do Rio de Janeiro

Atriz:
Empate entre Analu Prestes (“As crianças”) e Letícia Soares (“A cor púrpura, o musical”)

Ator:
Gilberto Gawronski (“A ira de Narciso”)

Jovem talento (Troféu Manoela Pinto Guimarães):
Rafael Telles (“O despertar da primavera”)

Direção:
Empate entre Miwa Yanagizawa (“Nastácia”) e Rodrigo Portella (“As crianças”)

Autor:
Leonardo Netto (“3 maneiras de tocar no assunto”)

Atriz coadjuvante:
Patrícia Selonk (“Angels in America”)

Ator coadjuvante:
Alan Rocha (“A cor púrpura, o musical”)

Cenografia:
Ronaldo Fraga (“Nastácia”)

Figurino:
Gabriel Villela (“Estado de sítio”)

Direção de movimento:
Sueli Guerra (“A cor púrpura, o musical”) e Valéria Monã (“Oboró – Masculinidades negras”)

Iluminação:
Empate entre Anna Turra, Camila Schmidt e Rogério Velloso (“Merlin e Arthur: Um Sonho de Liberdade”) e Renato Machado (“3 maneiras de tocar o assunto”)

Música:
César Lira e André Muato (“Oboró – Masculinidades negras”)

Comments