“Vai ter preta em posição de destaque sim!”: Ludmilla agradece o apoio depois de novos ataques racistas

0
5988

Depois de responder às indiretas da Anitta por meio de um vídeo no estilo carta aberta, contando sua versão sobre algumas polêmicas, a cantora Ludmilla, mais uma vez teve que lidar com ataques de conteúdos racistas.

“A macaca da Ludmilla não tá dando  matéria?”, “Vai dá stream para macaca da Ludmilla”, foram algumas das mensagens que a funkeira de 25 anos recebeu nas redes sociais.

Muitos fãs da cantora, artistas negros e o coletivo Potências Negras fizeram declarações de apoio à Ludmilla destacando a importância da cantora para cultura brasileira.

“Cantora negra mais seguida no Brasil e sétima mais seguida no mundo, com mais de 22 milhões de seguidores no Instagram⁣⁣, Diva do pop nacional⁣⁣, premiada mundialmente,⁣⁣ emplacou 14 singles no top 100 da Billboard⁣⁣”, destacou a publicação do Potências Negras.

As manifestações de apoio não passaram desapercebida pela funkeira que respondeu:

“Obrigada @potenciasnegras! O povo preto é potência e resistência. O racismo criminoso é uma tentativa de tirar nossa humanidade. Só que a gente não vai se calar e não vai abaixar a cabeça. Tenho orgulho e consciência do lugar que ocupo. Quando falo, não é só por mim, mas por todos nós, que sofremos diariamente com o racismo. Além de continuar denunciando, vou continuar fazendo meu trabalho como venho fazendo. Porque, aceitem, vai ter preta em posição de destaque sim!”.

Por meio do Twitter, a cantora Anitta manifestou sua indignação sobre os ataques racistas que Lud recebeu.

Apoio à mãe do Miguel

Ludmilla usou seu Instagram com mais de 22 milhões de seguidores para falar sobre a morte do menino Miguel, que caiu de um prédio no Recife quando procurava por sua mãe, a Dona Mirtes.

Lud e Mirtes tiveram uma longa conversa que fez parte do projeto “Lifesaving Conversations” que visa buscar doações para ONG Ação Cidadania.

Comments