“Sinto o medo na sua voz”, diz Taís Araujo sobre sua irmã, médica que está atuando na linha de frente contra o Covid-19

0
4503

A atriz Taís Araujo, publicou na noite de segunda-feira (6), em seu Instagram, uma foto de sua irmã “essa aí de óculos é minha irmã, doutora Claudia Araujo Bottino” que é médica ginecologista e obstetra.

Junto a foto, Tais relatou como se sente tendo como irmã uma médica que está trabalhando na linha de frente do combate ao novo Coronavírus.

“Ela, junto com todos os médicos, enfermeiros, os profissionais da limpeza e todos os que atendem aos hospitais, está no front, combatendo a pandemia de frente. Falamos todos os dias”. A atriz diz sentir medo pela irmã e agradeceu a todos os profissionais que seguem trabalhando e atuando diretamente contra o COVID-19, e todos aqueles que continuam atuando para que a nossa sociedade se mantenha.

“Sinto o medo na sua voz, mas também sinto tanta coragem, comprometimento e empenho de quem estudou e estuda para cuidar do outro com a certeza da escolha do seu ofício. Hoje ela me mandou essa foto como símbolo de esperança. Eu chorei. Chorei porque achei lindo, chorei de medo, chorei…. Deixo aqui meu respeito aos profissionais que estão nas ruas, seja nos mercados, nas farmácias, no volante, nas entregas, na segurança, nos hospitais. Deixo meu respeito aos garis, aos jornalistas. Deixo meu respeito a quem está no corre e não pode parar. Rezo muitas vezes por dia pra que tudo passe e que consigamos preservar o maior número de vidas possível. A todos vcs, profissionais que estão no front, todo meu respeito e gratidão”.

 

View this post on Instagram

Essa aí de óculos é minha irmã, doutora Claudia Araujo Bottino, ginecologista e obstetra. Tem um consultório em Brasília e também trabalha no SUS, num hospital público, na capital do nosso País. Ela, junto com todos os médicos, enfermeiros, os profissionais da limpeza e todos os que atendem aos hospitais, está no front, combatendo a pandemia de frente. Falamos todos os dias. Sinto o medo na sua voz, mas também sinto tanta coragem, comprometimento e empenho de quem estudou e estuda para cuidar do outro com a certeza da escolha do seu ofício. Hoje ela me mandou essa foto como símbolo de esperança. Eu chorei. Chorei porque achei lindo, chorei de medo, chorei…. Deixo aqui meu respeito aos profissionais que estão nas ruas, seja nos mercados, nas farmácias, no volante, nas entregas, na segurança, nos hospitais. Deixo meu respeito aos garis, aos jornalistas. Deixo meu respeito a quem está no corre e não pode parar. Rezo muitas vezes por dia pra que tudo passe e que consigamos preservar o maior número de vidas possível. A todos vcs, profissionais que estão no front, todo meu respeito e gratidão.

A post shared by Taís Araujo (@taisdeverdade) on

Comments

Comentários