Série inédita aborda a importância da educação antirracista no Brasil

0
Série inédita aborda a importância da educação antirracista no Brasil
Foto: Divulgação.

Produção do Projeto SETA reúne depoimentos das populações indígenas, quilombolas e negras. Lançamento ocorre dia 09 de março no Youtube do Canal Futura

Será lançada na próxima quarta-feira (9), na página do youtube do Canal Futura, a série Seta – Caminhos Possíveis. Realizada pelo projeto Seta (Sistema de Educação por uma Transformação Antirracista), em parceria com a Fundação Roberto Marinho e o Canal Futura, a produção audiovisual conta com quatro episódios sobre a importância da educação antirracista no Brasil a partir das perspectivas indígena, quilombola, periférica e uma análise de especialistas sobre o tema no Brasil.

Os episódios estarão disponíveis no Globoplay e no Canal Futura a partir de abril. O evento de lançamento online ocorre no âmbito do Dia pela Eliminação da Discriminação Racial, 21 de março, e contará com as participações de: Alexsandro Santos, Doutor em Educação, Andressa Pellanda, coordenadora da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Suelaine Carneiro, coordenadora do Programa de Educação do Geledés – Instituto da Mulher Negra e Naomy de Oliveira Ramos, Gestora do Centro de Desenvolvimento dos profissionais da Educação do Rio Grande do Sul. A mediação fica por conta da jornalista Louise Freire. 

A proposta da série audiovisual que foi gravada na Favela da Maré, no Rio de Janeiro, no Quilombo Rio dos Macacos, na Bahia e no Parque das Tribos, em Manaus, é provocar reflexões, compartilhar histórias e fomentar a relevância da pauta para o desenvolvimento do país. Ao longo dos episódios, os espectadores também serão convidados a questionar a história que aprenderam na escola, com base em novas perspectivas que não são contempladas na educação formal. 

O Projeto Seta é uma aliança inovadora, com sete organizações da sociedade civil nacional e internacional: ActionAid, Ação Educativa,  Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Coordenação Nacional de Articulação de Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ), Geledés – Instituto da Mulher Negra, Makira-E’ta e a Uneafro Brasil. O Seta ainda é um dos finalistas da ação global da Fundação Kellogg para promoção da equidade racial (Racial Equity 2030).

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display