Medidas extremas!

Robert Lee Noye, de 52 anos foi preso na cidade de Cedar Rapids (Iowa), acusado de ter sequestrado uma mulher para força-la a assistir episódios da série “Raízes”, uma das mais emblemáticas sobre a questão racial.

Durante 9 horas, a mulher ficou ao lado de Robert que ameaçou cortá-la em pedaços caso ela não assistisse ao seriado.

De acordo com o jornal da cidade The Gazette, Robert disse à polícia que a obrigou a ver os episódios “para ela entender melhor o seu racismo.”

Não há informações sobre a vítima, mas é possível que ela tenha sido  racista com Robert que se vingou de uma forma bem peculiar.

 

Comments

Comentários