Muitos de nós admira a cultura africana, mas mesmo sendo afrodescendentes, não sabemos muito sobre os povos da Terra Mãe visto que isso não é ensinado nas escolas.

São muitas nações, rituais, culturas, crenças para serem aprendidos e para quem procura uma literatura acessível  sobre esse tema com uma linguagem para iniciantes, o livro Rastro de Resistência – Histórias de luta e liberdade do povo negro, do escritor Ale Santos,  é uma opção que pretende atender essas demandas, por meio de uma vasta pesquisa histórica e ilustrações riquíssimas em detalhe.

O livro está em fase de pré-venda pela Editora Panda Books (clique aqui para comprar).

“São 20 histórias para pessoas que não têm conhecimento sobre o povo negro, mas também não querem ler uma enciclopédia. Me pautei muito nas minhas emoções, nas histórias que me emocionaram, que construíram o meu imaginário e que eu acredito que podem construir um imaginário mais consciente para as pessoas e promover o entendimento de quem é o negro na sociedade “, explicou Santos que também já escreveu em grandes mídia, como Vice Brasil, Intercept e Yahoo.

“Na Zâmbia, existe um provérbio que diz  ‘Os mundos dos anciãos não trancam todas as portas; eles deixam a porta direita aberta.’ Cada mensagem compartilhada era uma voz que atravessava essa porta e estava somando ao desejo de dar uma nova vida a todos esses personagens. Seus nomes são símbolos de resistência, sabedoria, sagacidade e de poder. Joias que nosso povo carrega na alma e que entrega para as futuras gerações por meio das tradições que são recheadas dessas narrativas”, finaliza Ale.

Imagens do livro de Ale Santos “Rastros de Resistência”(Foto: Kickante).

O prefácio do livro é do rapper Emicida. Confira um trecho:

“Alê Santos, nesse sentido é como um Oxóssi no famoso conto yorubá, onde ele enfrenta o pássaro da morte, e vence! Ele tinha uma única flecha ( no caso de Alê, suas redes sociais ) mirou e atingiu em cheio quem tenta ( ainda hoje) roubar e esconder nossos reflexos na história do mundo”.

 

 

Comments

Comentários