Rachel Maia torna-se a primeira mulher negra a ocupar o conselho da Soma

0
3948

O grupo Soma, dono das marcas FARM e Animale, recrutou a ex-CEO da lacoste Brasil, Rachel Maia, para fazer parte de seu conselho de administração.

Rachel têm 28 anos de experiência no mundo moda e antes de ser CEO da Lacoste Brasil, liderou, por oito anos, a Pandora Brasil, depois de passar mais 5 anos como executiva da marca em Washington. Ocupando no currículo ainda, CFO e CEO da operação brasileira da Tiffany.

O Conselho da SOMA tem duas mulheres e sete assentos, contudo, Rachel Maia torna-se a primeira mulher negra a ocupar o cargo.

A executiva e agora, participante do Conselho administrativo da Soma, ocupa a vaga que era de umas das fundadoras da Animale, Claudia Jatahy Gonçalves.

“A diversidade nos conselhos se faz necessária, tanto na participação de mulheres quanto de negros. Sei da importância e também da responsabilidade de ser, novamente, a primeira mulher negra a ocupar uma cadeira estratégica, mas espero não ser a única.” Disse Rachel em um comunicado publicado pelo Soma.

Errata: O site mundo negro informou erroneamente que a executiva Rachel Maia era a primeira mulher negra a ocupar o cargo em um conselho no país, nos inteiramos e afirmamos que existem outros casos, como o da engenheira Cristina Pinho:

“A Ocyan, empresa do setor de óleo e gás, nomeou a engenheira Cristina Pinho, uma mulher negra com vasta experiência no setor de petróleo e na luta por equidade de gênero, para seu conselho de administração em agosto de 2020. Portanto, a Soma não saiu na frente e não é primeira empresa do Brasil a levar para seu conselho uma profissional com esse perfil. – Assessoria de Comunicação da Ocyan.”

Comments