“Ouçam Mirtes, mãe de Miguel”, após 3 meses do caso, artistas, ativistas e familiares se unem em campanha

0
“Ouçam Mirtes, mãe de Miguel”, após 3 meses do caso, artistas, ativistas e familiares se unem em campanha

Articulação Negra de Pernambuco se une à mãe, ativistas e familiares do menino Miguel, em campanha por justiça. Miguel foi morto no dia 2 de junho após ser abandonado em um elevador por Sarí Corte Real, Primeiradama de Tamandaré e ex-patroa de Mirtes. Miguel caiu do 9º andar do prédio onde Sarí morava.

“Tudo em mim agora é vazio desde que meu filho MIGUEL se foi.
Irei chorar e rezar eternamente, irei lutar para que não haja impunidade.” Publicou Mirtes.

https://www.instagram.com/p/CDY44-WhgUy/

A campanha #JustiçaPorMiguel terá live de lançamento no facebook da Articulação Negra de Pernambuco no dia 2 de setembro às 18hrs e conta com o apoio de artistas, influenciadores, advogados e todos que estão indignados com o caso.

No dia da morte de Miguel Sarí foi presa em flagrante por homicídio culposo, mas foi liberada diante fiança de R$20 mil. Em 1º de julho Sarí Corte Real foi indiciada por abandono de incapaz com resultado de morte e na última terça-feira (1) o prazo para Sarí apresentar defesa foi prorrogado e ela aguarda julgamento em liberdade.

As atrizes Erika Januza, Débora Nascimento, Mariana Ximenes, Nina García, Glória Pires entre outras e diversos movimentos sociais de Pernambuco vestiram a camisa da campanha. Com as frases “Ouçam a Mirtes, mãe do Miguel”, “Ela não trataria assim o filho de uma amiga” e “Se é lei, é para todos” os adeptos a campanha trazem visibilidade para a luta de Mirtes que hoje completa 3 meses.

”Muito grata a todos que estão participando da campanha, que vai fortalecer a nossa batalha e nossa busca de Justiça por Miguel” Agradeceu Mirtes Renata.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display