O Balé Folclórico da Bahia está de volta

0
O Balé Folclórico da Bahia está de volta
Direção: Gustavo Korontai e Lu Guimarães Direção de Fotografia: Marcelo Brito Filho

O Balé Folclórico da Bahia é considerado um dos principais embaixadores culturais do Brasil no mundo, com espetáculos que retratam o candomblé, a capoeira, a dança maculelê. Zebrinha, coreógrafo do Balé Folclórico, traz uma perfeita tradução:

O BALÉ É A MANEIRA CONTEMPORÂNEA DE DANÇAR, TEATRALIZAR A NOSSA ANCESTRALIDADE”.

Direção: Gustavo Korontai e Lu Guimarães Direção de Fotografia: Marcelo Brito Filho

E é exatamente isso, você sente os ancestrais presentes naquele palco, se arrepia, se emociona e sente orgulho da história que carregamos na nossa pele, no nosso cabelo, nos nossos traços. 

Em agosto deste ano a companhia completa 34 anos. Com apresentações em mais de trezentas cidades e 27 países, incluindo Estados Unidos, Itália, Inglaterra, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Nova Zelândia, Austrália, Alemanha, França, Holanda, Suíça, México, Chile, Colômbia, Finlândia, Suécia e África do Sul, dentre outros. Walson Botelho, mais conhecido como Vavá Botelho, fundador e diretor geral do grupo, destaca que “Seguramente, somos um dos principais embaixadores da cultura popular brasileira e afro-baiana para o mundo”. Olha o tamanho dessa potência!

Com sede no Pelourinho, em Salvador, o Balé Folclórico da Bahia (BFB) é a única companhia de dança folclórica profissional do país. Os integrantes da companhia – dançarinos, músicos e cantores – recebem preparação técnica para dança, música, capoeira, canto e teatro. Para preservar e divulgar as principais manifestações folclóricas da Bahia, o Balé desenvolveu uma linguagem cênica que parte dos aspectos populares e atinge questões contemporâneas. É impossível assistir e não se arrepiar com os movimentos e com a arte manifestada no palco.

Durante 27 anos o BFB se apresentava diariamente, tendo como público, principalmente, turistas estrangeiros e de outros estados do Brasil. Com a pandemia, o grupo quase encerrou suas atividades. Foi a contribuição de artistas, admiradores e da população que manteve a companhia nos dois últimos anos. “Agora, graças a Lei de Incentivo, ao patrocínio da iniciativa privada e a inúmeros apoios, o Balé Folclórico da Bahia volta com uma programação extensa, robusta, que contempla da formação do seu novo corpo de baile a uma estreia mundial prevista para novembro, no TCA – Teatro Castro Alves, em Salvador”, declara Vavá Botelho, fundador e diretor geral da companhia.

A volta do Balé Folclórico da Bahia (BFB) ao palco do Teatro Miguel Santana, sede da companhia no Pelourinho (Salvador – BA) é um ato de resistência, de fé e esperança. De amor à arte. 

Direção: Gustavo Korontai e Lu Guimarães Direção de Fotografia: Marcelo Brito Filho

O desafio da companhia de jullho à novembro será a preparação do novo corpo de baile e remontagem das coreografias para o novo espetáculo “O Balé Que Você Não Vê”. Serão três coreografias inéditas – Bolero (nome provisório) de Carlos Durval; Okan de Nildinha Fonseca e 2-3-8 de Slim Mello – que foram criadas em 2018, quando o BFB completou 30 anos, mas que não foram apresentadas ao público.

Além de shows e exposição, Balé Folclórico da Bahia terá um festival, que acontece entre os meses de abril e novembro, incluindo programação socioeducativa com oficinas gratuitas de dança afro-brasileira e percussão em Salvador e Lauro de Freitas.

Você pode conhecer mais do Balé Folclórico da Bahia – e se emocionar sentindo a potência de nossos ancestrais e da nossa cultura, assistindo ao mini doc da companhia produzido pela Usina Digital e Mandinga Filmes, lançado em 06 de abril durante a coletiva no Hotel Fasano, em Salvador. O mini doc conta com depoimentos dos bailarinos, de Caetano Veloso, Carlinhos de Jesus, Ana Botafogo e a atriz Glória Pires. 

E pra você que está ou estará em Salvador de abril em diante, o espetáculo terá apresentações a partir de 29 de abril, às 19h. Os ingressos terão o mesmo valor de 2020, com a meia-entrada promocional valendo para todos, como forma de atrair o público local e fidelizar novos espectadores. O valor do ingresso promocional será de R$ 60,00.

Não perca! Assista o Balé Folclórico da Bahia.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display