Núcleo de Culturas Negras e Periféricas convida para o evento “O que espanta a miséria é a festa”

0
533

O Núcleo de Culturas Negras e Periféricas (N’KINPA), juntamente com artistas e coletivos parceirxs, realizará uma festa a partir da premissa de Beto Sem Braço: “O que espanta a miséria é a festa”, no dia 27 de julho, às 16h, na Rua dos Aflitos, Liberdade, São Paulo.

O intuito do evento é espantar e curar as doenças sociais que separam o povo preto das raízes ancestrais, que minorizam, folclorizam e marginalizam as ciências, despedaçando por meio de violências culturais e estruturais.

Como nos remontarmos numa sociedade que coopta almas/arte para servir interesses políticos e egocêntricos? Que caminhos podemos descobrir? Como incluirmos uns aos outros nas nossas co-existências, fortalecendo vínculos e recriando futuros?” Esses são alguns questionamentos da organização.

A festa, dentro de nossa cultura afro- indígena- brasileira, cura as mazelas geradas pelos carregos coloniais, que violentam nossos corpos e subjetividades“, explicam. O intuito da N”KINPA é promover encontros, cruzamentos, encruzilhadas pedagógicas sobre as ciências de brincar.

A potência de cada criança em se descobrir, se entender a partir de seu passado, se fortalecendo para um futuro pleno de vínculos, para assim tomar seu lugar de protagonismo no mundo. Encantar sua própria história, porque educação deve gerar gente feliz, escrevendo, batendo tambor, dando pirueta, imitando bicho, fazendo ciência e gingando com gana de viver”.

O evento será um encontro festivo, artístico e formativo. Na festa haverá samba, roda de conversa sobre infância, ancestralidade e cultura, empreendedorxs pretxs, apresentação de dança, comida e música!

Para mais informações: joicejaneteixeira@gmail.com ou sabiagem@gmail.com.

Comments

Comentários